Magia em Paris com Manish Arora, elegância futurista com Balenciaga

Desfiles de quinta-feira na Semana de Moda contaram até com números de mágica na passarela

Desfile da Manish Arora encantou a plateia dos desfiles em Paris
Desfile da Manish Arora encantou a plateia dos desfiles em Paris Foto: AFP

A Semana de Moda de Paris teve alguns momentos fortes, como números de magia no desfile de Manish Arora e a elegância futurista de Balenciaga nesta quinta-feira, assim como o delírio causado por Lady Gaga, que desfilou na véspera na passarela da grife Thierry Mugler.

A coleção da Balenciaga para o próximo outono e inverno, desenhada por Nicolas Ghesquière, foi cheia de fantasia: saias e blusas de seda estampadas com grandes flores e lagartixas coloridas subindo em árvores.

Apresentou calças justas no tornozelo, túnicas negras bordadas com cristais coloridos, casacos e vestidos de corte impecável, em tecidos nobres incrustados com retalhos de pele e às vezes com metal prateado, capas com desenhos geométricos e casacos de cor vinho com botões dourados.

As saias eram de corte triangular, com as laterais de diferentes comprimentos, formando uma silhueta elegante com um certo toque futurista.

O desfile de Balenciaga, que ocorreu no luxuoso hotel Crillon, na Place de la Concorde, atraiu celebridades, entre elas o ator Orlando Bloom (“O Senhor dos Anéis”), que foi admirar sua esposa Miranda Kerr, que participou do desfile.

A apresentação do estilista indiano Manish Arora, nomeado em fevereiro diretor artístico da grife Paco Rabanne, começou com um número de magia realizado por um ilusionista vestido com uma longa capa negra, que fez aparecer e depois desaparecer modelos de caixas com barras de metal.

A magia deste Houdini (Benjamin Dukhan) também conseguiu que as modelos, depois de desaparecer ? uma delas inclusive foi cortada em duas partes ?, saíssem desfilando perfeitamente penteadas e vestindo roupas deslumbrantes.

O público, que se amontoava em um estacionamento no bairro parisiente do Marais, aplaudiu tanto os números de magia quanto a brilhante e elaborada coleção de Arora, que começou desfilando na Semana de Moda de Londres antes de se transferir a Paris há cinco anos.

Arora, o diretor indiano com mais clientes internacionais, que arrancou aplausos do público, propôs vestidos justos, em seda, veludo, couro, bordados com pedras e cristais de cores vibrantes, e casacos suntuosos, com pedras, plumas e peles.

? O que queria é que as pessoas se divertissem, que aproveitassem o desfile ? disse Arora à AFP nos bastidores, enquanto bebia champanhe e recebia abraços e elogios, e as modelos trocavam os suntuosos trajes por calças jeans.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna