Mais da metade das brasileiras compra, ao menos, uma peça de roupa por mês, indica pesquisa

Estudo mapeou hábitos de consumo de moda de 2.290 brasileiras entre 18 e 60 anos

Blusas e camisas são as peças que mais ocupam o guarda-roupa feminino
Blusas e camisas são as peças que mais ocupam o guarda-roupa feminino Foto: Mateus Bruxel

Mais da metade das brasileiras compram, ao menos, uma peça de roupa por mês. O dado é de um estudo realizado em novembro de 2011, que aponta que 55% das mulheres costuma adquirir uma peça nova e que 22% delas gastam mais do que R$ 200 mensalmente com os itens que ocuparão o guarda-roupa. A pesquisa feita pela Sophia Mind, empresa de pesquisa e inteligência de mercado, analisou os hábitos de consumo de moda de 2.290 brasileiras, entre 18 e 60 anos, e identificou suas preferências e os fatores que podem ou não influenciar a decisão na hora da compra.

Entre as peças que mais ocupam o guarda-roupa das mulheres estão as blusas e camisas. Cerca de 30% das entrevistadas têm, em média, 11 e 20 peças e 13% possuem mais de 40 peças. A calça é o item que ocupa o segundo lugar: 49% das mulheres têm entre 6 e 15 calças.

Em relação ao pagamento, a maioria das compras não é feita à vista, 55% das mulheres optam pelo parcelamente a prazo e 45% utilizam o cartão de crédito. Quando o pagamento é à vista, elas preferem acertar o valor com dinheiro.

Quando o assunto é promoção, 81% das entrevistadas preferem o desconto na peça, contra 9% que preferem o tipo “compre uma peça e ganhe outra”, 8% preferem os descontos progressivos e 2% gosta mais dos cupons de descontos.

Shoppings e as lojas de ruas são apontados como os melhores locais para fazer as compras por conta da variedade de opções e da possibilidade de fazer outras atividades. A internet também aparece como um das preferências de ponto de vendas.

O atendimento é consido fator decisivo na hora da compra:um atendimento ruim pode ser o fim de um relacionamento entre vendedor e consumidora. Questionadas sobre isso, 41% das mulheres afirmam sair da loja e não voltar mais quando não são bem atendidas e 23% não compram mais no local e ainda dizem que falam mal do estabelecimento para outras pessoas. Nesses casos, nem o preço baixo as faria permanecer e tolerar o comportamento dos vendedores.

Leia mais
Comente

Hot no Donna