Mais de 98% das crianças já foram vacinadas contra a poliomelite

SUS vacina 13,9 milhões de crianças contra pólio e atinge meta

Autora JK Rowling posou com atores Daniel Radcliffe Emma Watson e Rupert Grint no evento em Londres
Autora JK Rowling posou com atores Daniel Radcliffe Emma Watson e Rupert Grint no evento em Londres Foto: Joel Ryan

O Sistema Único de Saúde (SUS) já vacinou 13.894.650 crianças contra a poliomelite. Esse total representa 98,21% do público alvo, o que supera a meta do Ministério da Saúde de proteger 95% de todas as crianças de zero a menores de cinco anos conta a doença.

? As campanhas de vacinação são uma conquista da saúde pública e da sociedade brasileira. Essa grande adesão permite que o Brasil continue livre da pólio ? afirmou o ministro da Saúde Alexandre Padilha.

Ele lembrou que, neste ano, o governo federal garantiu um novo avanço no Programa Nacional de Imunização, com a inclusão de crianças de seis meses a menores de dois anos, além de gestantes na campanha contra gripe.

No dia 13 de agosto acontece em todo o país a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite. Todas as crianças de zero a menores de cinco anos precisam receber o reforço das duas gotinhas.

Sarampo

Além da pólio, oito estados brasileiros, entre eles o Rio Grande do Sul, iniciaram a campanha de vacinação de segmento contra o sarampo no dia 18 de junho. A mobilização se estende até o dia 22 deste mês. Até agora, 8.251.893 crianças receberam a vacina, o que corresponde a 80,48% da meta.

O objetivo é manter o Brasil sem a transmissão interna do vírus. A Europa vive um surto da doença e, segundo a OMS, desde janeiro, já foram registrados mais de 6,5 mil casos ? sendo 5 mil deles na França. Com as férias de julho, aumenta tanto o fluxo de estrangeiros no Brasil e a ida de brasileiros para o exterior. Ou seja, a campanha teve início primeiramente nesses oito estados em razão do maior fluxo turístico, densidade populacional e baixa cobertura da vacina tríplice viral.

Nessa primeira etapa, a meta é vacinar 95% de um total de 10.253.073 crianças de um ano a menores de sete anos (6 anos, 11 meses e 29 dias), mesmo as que já tenham sido imunizadas anteriormente.

O sarampo é uma doença aguda e contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre, tosse seca, exantema (manchas avermelhadas), coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. O período de transmissão varia de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após o surgimento das manchas. A vacina é o meio mais eficaz de prevenção.

Leia mais
Comente

Hot no Donna