Malhar na academia do condomínio exige precauções para evitar machucados

A maioria destes espaços ainda não tem orientação de profissionais especializados

Academias de condomínios servem para maiores gastos energéticos
Academias de condomínios servem para maiores gastos energéticos Foto: Stock Photo

>>> Leia em ZH Donna deste domingo cinco dicas para quem decide malhar sozinho.

Saúde, comodidade e novas amizades. Esses são os principais atrativos para que, cada vez mais, os condomínios ofereçam aos seus moradores a oportunidade de ter, bem ao lado da porta de casa, uma academia para praticar atividades físicas. Mas como realmente aproveitar os equipamentos disponíveis da melhor maneira possível sem se machucar e, ainda, atingir seus objetivos? Para o fisiologista da Universidade de Brasília Guilherme Molina, é importante, primeiro, que seja feita a diferenciação entre atividade física e exercício físico.

? Geralmente, as atividades nas academias de condomínios servem para que a pessoa tenha maiores gastos energéticos, o que ajuda na produção de uma espécie de proteção cardíaca, além da redução dos riscos de doenças causadas pelo sedentarismo, como obesidade, pressão alta e problemas de articulação ? explica Molina.

Já no caso dos exercícios físicos, a meta principal é o aumento da capacidade física e da resistência, por meio de um treinamento sistematizado, com auxílio profissional. Sabendo fazer essa diferenciação, o interessado no uso dos equipamentos deve pensar sobre a meta que deseja alcançar ? se pretende definir músculos ou perder peso – e procurar a orientação de um profissional.

? É importante ter essa informação para adequar os exercícios e ajudar a atingir aquilo que se quer ? afirma o personal trainer Guilherme Moreira Salles.

De acordo com Salles, o principal problema das academias em condomínios é o fato de ainda não existir orientação especializada na maioria dos prédios. E, sem o conhecimento correto, a carga de treino pode ser excessiva.

? A presença de algum especialista minimizaria e preveniria as possibilidades de problemas de coluna e joelho, que são os mais frequentes ? exemplifica.

Além disso, a repetição de movimentos de forma equivocada e o levantamento de pesos com a postura incorreta podem causar tendinites e distensões musculares.

? Mesmo se a pessoa quiser treinar sozinha, é interessante procurar algum especialista para montar as séries, como um incentivo a mais, pois malhar sem nenhum acompanhamento ou rotina pode ser desmotivante ? completa a personal trainer Kândia Luama Lovizon.

Leia mais
Comente

Hot no Donna