Maquiagem com brilho será a grande novidade do inverno

Confira dicas para uma produção com glitter

Um pouco de brilho não faz mal a ninguém
Um pouco de brilho não faz mal a ninguém Foto: Divulgação

Tendência em muitas passarelas da São Paulo Fashion Week, o glitter será a grande novidade da maquiagem do próximo inverno. Ideia carnavalesca? Não, apenas uma maneira de dar mais cor aos dias cinzas. Sadi Consati, consultor das linhas de maquiagem Intense e Capricho, do Boticário, explica de que forma aderir a esse look e o que fazer para não passar do ponto.

Donna – Em que ocasião se aceita a maquiagem glitter?

Sadi Consati – Hoje em dia, existe uma liberdade de estilo muito maior, que permite abusar um pouco mais da maquiagem, nas cores e nos efeitos. Glitter é brilho, e brilho está associado à noite. Mas isso não significa mais que ele só pode ser usado à noite. Se aplicado de forma adequada e na quantidade certa, durante o dia pode trazer um visual moderno e cheio de estilo. Sempre levando em consideração seu estilo de vida, seu trabalho e os lugares que você frequenta. O segredo está em colocar o glitter no local certo e na intensidade certa. Um pouco de brilho não faz mal a ninguém.

Donna – Quais as cores de glitter que vão predominar no inverno?

Sadi – São supervariadas: desde o glitter apenas brilho, passando pelo prata, rosa, lilás, dourado – até verde, azul e preto.

Donna – É possível usar glitter sem parecer estar se fantasiando para o Carnaval?

Sadi – Com certeza. É possível, sim, fazer uma make com glitter e ficar com um visual iluminado, colorido e moderno. O segredo é usar uma quantidade pequena de produto, colocando gradativamente no olho e não um monte de uma vez só. Caso contrário, vira confusão. O legal é aplicar somente no canto interno dos olhos como “ponto de luz”, ou somente na pálpebra móvel, sem ultrapassar o côncavo do olho.

Como fazer

–  Comece aplicando um produto cremoso (sombra cremosa ou de bastão, gloss ou produtos específicos como o primer) no local onde vai usar o glitter; isso vai ajudar a fixar melhor o produto, dando maior durabilidade ao efeito no olho. E também evita ficar caindo na pele, em outras partes do rosto e do corpo.

–  Outra forma de aplicar o glitter é com o pincel molhado na água, que também ajuda a fixar, e o brilho fica mais intenso.

– Ele pode ser usado apenas no canto interno do olho, contornando o canal lacrimal, como “ponto de luz”.

–  Pode ser usado somente na pálpebra móvel. Para não ficar “over”, não ultrapasse o côncavo (para cima) e nem puxe para fora do olho no canto externo.

–  Pode ser usado sozinho ou sobreposto a sombras esfumadas. Esfume uma sombra mais escura (preto ou marrom, por exemplo) e depois aplique o glitter por cima, somente como “ponto de luz”, ou na metade interna da pálpebra, ou, ainda, bem próximo da base dos cílios, como se fosse um traço grosso. Há também a possibilidade de espalhar somente no centro da pálpebra e fica incrível traçar uma linha na parte inferior dos olhos, na pele, abaixo dos cílios.

–  Pode ser usado na parte de baixo dos cantos externos dos olhos. Bem no canto onde termina o olho.

–  Use apenas uma cor ou misture duas ou três para um look mais colorido e fashion.

–  Se cair na pele, use um pincel “vassourinha” para limpar. Mas se a sujeira foi grande, use uma fita adesiva para remover os brilhos.

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna