Medicina antroposófica cuida da saúde física e espiritual da mulher

Moderna e com uma vida cada vez mais acelerada, algumas mulheres se submetem a uma rotina que pode prejudicar sua saúde

Amamentação já é associada a outros bons resultados para os bebês, como baixas taxas de infecção e obesidade na vida futura
Amamentação já é associada a outros bons resultados para os bebês, como baixas taxas de infecção e obesidade na vida futura Foto: Arivaldo Chaves, BD

A manutenção da boa saúde da mulher exige uma série de cuidados e atitudes preventivas. Levando em consideração que cada mulher tem uma história e uma bagagem hereditária que devem ser analisadas, a medicina antroposófica cuida da saúde feminina com o objetivo de proporcionar uma vida saudável e sem surpresas, equilibrando o ritmo do organismo e considerando aspectos que a medicina usual, focada apenas no aspecto físico do indivíduo, não leva em consideração.

? A medicina antroposófica tem o olhar e a ação na saúde como um todo, contextualizando a mulher no seu processo biográfico, familiar, profissional, entre outros. Uma vez se sentindo cuidada e atendida em seus diversos contextos, a mulher pode resgatar medidas que lhe ofereçam um melhor bem estar – explica a ginecologista e obstetra com formação em medicina antroposófica Ana Maria da Silva.

Doenças sexualmente transmissíveis, gravidez, TPM, nódulos da mama, menopausa são situações podem fazer parte da vida feminina. 

? Movimento, ritmo e alimentação com produtos sem agrotóxicos ou hormônios devem ser prioridades nas atitudes das mulheres. Que façamos o possível para priorizar estas condições, procurando ter jogo de cintura para acolher a própria realidade ? diz Ana Maria.

Moderna e com uma vida cada vez mais acelerada, algumas mulheres assumiram sozinhas o planejamento familiar, se submetendo a qualquer custo a uma rotina que pode prejudicar sua saúde. 

? Este é apenas um exemplo de situação que interfere na necessidade de maiores cuidados à saúde da mulher na atualidade ? comenta a médica.

Visando promover qualidade de vida e atuando de forma preventiva, a medicina antroposófica indica a todas as mulheres uma boa alimentação, mastigando lentamente os alimentos sem a ingestão de líquidos, além de exercícios físicos e sono de oito horas por noite. Pensando nisso, Ana Maria completa: 

? Procurar ser feliz com a própria realidade, acolher-se na íntegra, buscando níveis de felicidade cada vez mais ascendentes e mantendo-se em silêncio às vezes para ouvir a vida são dicas valiosas que dou para as mulheres que cada vez mais querem e reconhecem que precisam, viver mais e melhor ? finaliza.

Leia mais
Comente

Hot no Donna