Meditação ajuda a promover o autoconhecimento

Especialista explica a necessidade de melhorar a percepção de corpo e mente

Sucos à base de frutas frescas são a sugestão para uma torcida sem excesso calórico
Sucos à base de frutas frescas são a sugestão para uma torcida sem excesso calórico Foto: Divulgação

As atividades da vida cotidiana são recheadas de confusões e inquietudes. Inúmeros eventos do dia-a-dia trazem transtorno e confusão, o que impede a concentração e a observação interior com relação à vida. A meditação é um instrumento valioso para a busca da plenitude.

Conforme a psicoterapeuta Erica Brandt, com a técnica é possível desenvolver a prática do autoconhecimento, visto que ela abre o corpo e a mente, resgatando o equilíbrio entre as polaridades. O primeiro passo para encontrar a plenitude, explica a profissional, é prestar mais atenção aos acontecimentos e na forma como eles se apresentam nos pensamentos, sem que haja uma escolha por algo específico.

– O “estar atento” deve iniciar pela observação de como, em muitos momentos, estamos perdidos em pensamento, julgamentos, fantasias. Ao sonharmos acordados, não nos concentramos na experiência direta de nossos sentidos – explica. 

A meditação é uma prática utilizada por diversos povos orientais para explorar e treinar a mente, com objetivo de organizar as sensações e pensamentos, proporcionando uma vida mais tranquila, equilibrada e plena. Segundo a psicoterapeuta, a prática contribui para expandir as relações com o mundo e melhorar a percepção das sensações do corpo e da mente.

– À medida que a consciência e a concentração se tornam mais fortes, com a meditação passamos menos tempo perdidos em pensamentos, ocorrendo uma abertura na relação com o mundo, havendo muito mais sensibilidade e refinamento em nossas impressões e sentidos – observa Erica.

Fonte: WH Comunicação

Leia mais
Comente

Hot no Donna