Michelle Obama apresenta programa contra obesidade infantil

Primeira-dama dos EUA propõe maior consumo de frutas nas escolas

Objetivo de Michelle Obama é combater a "epidemia da obesidade infantil" nos EUA
Objetivo de Michelle Obama é combater a "epidemia da obesidade infantil" nos EUA Foto: Alex Brandon, AP

A primeira-dama americana, Michelle Obama, apresentou hoje 70 propostas para reduzir a 5% até 2030 o índice de obesidade infantil, um problema que atinge uma em cada seis crianças dos Estados Unidos.    

O grupo de trabalho contra a obesidade infantil criado pela primeira-dama elaborou um plano de ação de 124 páginas, com o foco de, como diz seu próprio título, resolver o problema “em uma geração”.    

Em um ato na Casa Branca para apresentar o relatório, Michelle Obama afirmou que, pela primeira vez, os EUA terão “metas e medidas” para conter o que chama de “epidemia da obesidade infantil”.    

O problema de sobrepeso afeta uma em cada três crianças nos EUA, sendo que uma em cada seis é obesa. A taxa é crescente desde os anos 70, quando apenas uma em cada 20 tinha sobrepeso.    

Segundo o programa, atualmente crianças latinas ou afro-americanas têm o dobro de chances de ter excesso de peso. Entre as medidas propostas, se destaca possibilitar um maior consumo de frutas e verduras nas dietas diárias de crianças em casa e reduzir açúcares, assim como promover uma oferta mais saudável nos refeitórios de escolas.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna