Moda na sétima arte: vestidos inesquecíveis da história do cinema

Veja modelos imortalizados pelos filmes de Hollywood

Wilza Carla em "Saramandaia"
Wilza Carla em "Saramandaia" Foto: TV Globo

Um leilão realizado no último sábado (18) em Beverly Hills chamou a atenção dos noticiários internacionais por um acervo pouco comum: foram à venda nada menos que 3500 figurinos, 20 mil fotografias originais, milhares de cartazes, esboços e centenas de itens imortalizados pelo cinema hollywoodiano. As peças, pertencentes ao acervo pessoal da atriz Debbie Reynolds, compunham uma coleção de objetos que brilharam nas telas ao longo das últimas décadas, muitos dos quais como vencedores do Oscar, em filmes como E o Vento Levou, Ben Hur, Minha Bela Dama, Casablanca, entre outros.

De acordo com a casa de leilões Profiles in History, o evento arrecadou um total de US$ 22,8 milhões em aquisições de colecionadores anônimos. O destaque, no entanto, ficou para os vestidos. O modelo usado por Marilyn Monroe na cena do metrô em “O Pecado Mora ao Lado” (1955), por exemplo, foi o vestido mais caro já arrematado até hoje de acordo com a Profiles in History, por US$ 4,6 milhões.

Marilyn Monroe em O Pecado Mora ao Lado (1955)

Foto: Matty Zimmerman/AP

Considerado o vestido mais famoso da história do cinema, o modelo branco de crepe esvoaçante que deixou Marilyn com as pernas à mostra foi desenhado por William Travilla, e foi vendido a um colecionador anônimo.

O Donna Online resolveu relembrar de outros vestidos inesquecíveis da história do cinema – e da moda – desde os tempos do preto-e-branco até hoje. Espia só:

Audrey Hepburn em My Fair Lady (1964)

Foto: Reprodução

Desenhado pelo figurinista Cecil Beaton, o modelo usado por Audrey Hepburn em My Fair Lady (Minha Bela Dama, de 1964) também foi vendido no leilão da coleção de Debbie Reynolds, por US$ 3,7 milhões.

Elizabeth Taylor em Cleópatra (1963)

Foto: Reprodução

A Cleópatra de Elizabeth Taylor (1963) não teve um, mas inúmeros vestidos de cores e texturas diversos. Você vai ter que rever o filme para apreciar todos os modelos, estilos e decotes. São tantos, que a personagem ganhou uma versão boneca Barbie.

Vivien Leigh em E o Vento Levou (1939)
Foto: Reprodução

Quase impossível não lembrar dos vestidos bufantes e dos espartilhos apertadíssimos de Scarlet O’Hara (interpretada por Vivian Leigh) em E o Vento Levou. Em 2010, o Centro Harry Ransom, da Universidade do Texas, em Austin, que compra e preserva objetos de importância cultural, fez um apelo público para levantar US$ 30 mil e restaurar cinco vestidos de Scarlet no filme. A intenção é montar uma exposição em comemoração aos 75 anos do longa-metragem, em 2014.

Marilyn Monroe em Os Homens Preferem as Loiras (1953)
Foto: Reprodução

Marilyn Monroe volta à lista com um modelo rosa-choque, usado durante o filme Os Homens Preferem as Loiras (1953).

Grace Kelly em Janela Indiscreta (1954)
Foto: Reprodução

Grace Kelly inspirou mulheres em sua década, assim como em décadas futuras, como um exemplo de beleza e elegância. A atriz exibiu inúmeros vestidos que se tornaram ícones da moda, em filmes como Janela Indiscreta (1954), Ladrão de Casaca (1955) e O Cisne (1956).

Julia Roberts em Uma Linda Mulher (1990)
Foto: Reprodução

De prostituta à dama da alta sociedade, Vivian Ward transformou-se completamente em Uma Linda Mulher (1990), papel que consagrou Julia Roberts no cinema. Entre os diversos vestidos que ela usa, há o vermelho que ela ganha de presente de Edward Lewis (Richard Gere).

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna