Muitas são as teorias sobre os cabelos. Descubra os mitos e verdades

Não é preciso lavar diariamente o cabelo, alerta o especialista
Não é preciso lavar diariamente o cabelo, alerta o especialista Foto: Divulgação

A busca pelo cabelo perfeito envolve teorias que nem sempre procedem. Para descobrir quais delas são verdadeiras e quais não passam de mitos, Donna elaborou perguntas para o médico e tricologista Luciano Barsanti, diretor do Instituto do Cabelo de São Paulo, presidente da Sociedade Brasileira de Tricologia e autor do livro Dr. Cabelo (Editora Elevação).
 
Cortar os cabelos na lua cheia faz com que eles cresçam mais volumosos?
Falso. A lua só influencia as marés; o cabelo, de jeito nenhum.
 
O cabelo cresce mais rapidamente se aparado com frequência?
Falso. Cortar o cabelo mensalmente ? ou mesmo só as pontas ? não fortalece o fio, assim como raspar. As pessoas acreditam nisso porque, esteticamente, o cabelo fica com um aspecto mais saudável. O que ocorre de fato é que, principalmente no caso de mulheres com cabelos compridos e que fazem escovação em demasia, aparecem pontas duplas nos fios. Quando aparado, elas desaparecem e o cabelo torna-se mais uniforme, parece mais denso e fica um pouco mais fácil de pentear.
 
Quando o fio já está comprido, ele não cai mais?
Falso. O tamanho do fio não está relacionado com a eventual queda dele.
 
Os cabelos se acostumam com xampús e condicionadores?
Falso. O cabelo não se acostuma com os produtos. O que pode acontecer é uma eventual necessidade de trocar os produtos por alguma intercorrência médica. Se aparecer caspa, por exemplo, é preciso adotar um xampu que combata o problema. Ao escolher um xampu ou um condicionador, é importante ter sempre três coisas em mente: ler sempre o rótulo do produto, não se deixar seduzir por estratégias de marketing e optar por produtos com ativos naturais e sem sal _ uma vez que ele desidrata o fio e o couro cabeludo, causando prurido e descamação. O ideal é consultar um tricologista para descobrir qual o xampu ideal, por meio de análises e consultas.
 
Cada tipo de cabelo precisa de um cuidado diferente?
Verdadeiro. Os cabelos ondulados necessitam de mais hidratações durante o mês e de xampus mais suaves. Os lisos podem ser hidratados com menos frequência durante o mês e podem ser usados xampus com um pouco mais de ação adstringente, ou seja, que provocam a diminuição da oleosidade.
 
Lavar os cabelos todos os dias estraga os fios?
Falso. Seja qual for o tipo de cabelo, é fundamental que se lave a cabeça diariamente. Na pior das hipóteses, dia sim, dia não. Durante a lavagem, não faça movimentos circulares, use uma quantidade pequena de xampu e enxágue com água morna para fria. Esteticamente, no término da lavagem, uma última chuveirada com água fria deixa o cabelo mais fácil de pentear e mais brilhante.
 
Fios brancos arrancados nascem em dobro?
Verdadeiro. Se você arranca os fios brancos, vai acabar ficando sem fio de qualquer cor.
Usar rabo de cavalo constantemente prejudica o cabelo?
Verdadeiro. É fundamental que se tome cuidado com procedimentos que podem levar a uma doença estética chamada alopecia cosmética de tração, provocada pelo uso de apliques, rabos de cavalo, tiaras, chapinha e bobes. Em cada bulbo capilar, há um músculo que o sustenta. Quando ocorre uma tração, você arrebenta esse músculo e perde o bulbo definitivamente.
 
Tinturas, alisamentos e escovas progressivas estragam os fios definitivamente?
Falso. As escovas progressivas e alisamentos podem ser realizados sem maiores problemas, desde que sejam usados produtos licenciados pela Anvisa e aplicados por um profissional treinado e habilitado. Deve-se dar um intervalo mínimo de quatro meses entre um procedimento e outro. As tinturas e colorações não provocam qualquer prejuízo, desde que o profissional que faça o procedimento obedeça as regras do fabricante, do rótulo e evite a mistura de cores sem orientação adequada. 

Leia mais
Comente

Hot no Donna