Mulheres são pouco tolerantes com as amigas, segundo pesquisa

Homens são mais flexíveis com os defeitos das pessoas do mesmo sexo

Intolerância feminina gera obstáculos nas relações
Intolerância feminina gera obstáculos nas relações Foto: Divulgação, stock.xchng

A amizade feminina pode parecer muito bonita em seriados como Sex and the City, mas na vida real as mulheres são pouco tolerantes e muito críticas com as amigas, dificultando o relacionamento com pessoas do mesmo sexo, afirmam pesquisadores da Emmanuel College, nos Estados Unidos. Eles afirmam que, apesar do consenso que elas costumam ter mais apoio social, são os homens que costumam ter uma rede maior de amigos e confiam mais na amizade com pessoas do mesmo sexo.

Para chegar a esta conclusão, os psicólogos recrutaram estudantes universitários de ambos os sexos, e pediram que eles respondessem perguntas sobre suas amizades mais próximas. Os estudantes também tinham que dizer o que fariam se um amigo quebrasse sua confiança ou prometesse algo e não cumprisse. O resultado, publicado na revista especializada Psychological Science de fevereiro, indica que os homens são mais tolerantes do que as mulheres com os defeitos do outro, principalmente quando este era do sexo masculino. Já as mulheres eram mais críticas e tinham mais chance de não perdoar o erro do outro, em especial se o problema fosse com alguém do sexo feminino.

– As mulheres são mais sensíveis às reações de pessoas do mesmo sexo, enquanto os homens não se prendem tanto a um problema específico. Como os relacionamentos femininos são mais baseados em intimidade e troca de informações, a perda da confiança costuma ter um impacto muito maior nelas – escreveram os pesquisadores no artigo.

Segundo eles, as mulheres avaliam as informações negativas de forma mais minuciosa que o sexo masculino, o que pode, muitas vezes aumentar desnecessariamente o tamanho do problema.

– As mulheres sentem mais necessidade do que os homens de manter um relacionamento próximo com amigas, mas ao mesmo tempo, são mais exigentes em relação aos outros, criando obstáculos nas relações – completam os pesquisadores.

Leia mais
Comente

Hot no Donna