Mulheres têm filhos cada vez mais tarde, segundo pesquisa do IBGE

Dados foram divulgados pelo IBGE

Recentemente, o governo proibiu mulheres de trabalhar como caixas de supermercado porque podem se sentir
Recentemente, o governo proibiu mulheres de trabalhar como caixas de supermercado porque podem se sentir Foto: AFP

As mulheres estão tendo filhos cada vez mais tarde. A pesquisa Estatísticas do Registro Civil, divulgada pelo IBGE aponta um aumento na proporção de filhos de mães com idade a partir dos 25 anos. Entre 1999 e 2009, o percentual de mães entre 25 a 29 anos cresceu de 23,3% para 25,2%, e entre 30 e 34 anos passou de 14,4% para 16,8%, o maior crescimento. Neste mesmo período, o percentual entre 15 e 19 anos vem reduzindo: em 1999 eram 20,8%, contra 18,2% em 2009.

No Brasil, o grupo entre 20 e 24 anos ainda concentra a maior proporção de registros de nascimentos, mas também houve queda nesta faixa etária, de 30,8% em 1999 para 28,3% em 2009. Já em Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal o grupo etário de 25 a 29 anos já está em primeiro lugar, com 25,2%, 26,3%, 26,5% e 27,2%, respectivamente.

Segundo o gerente de pesquisas do Registro Civil do IBGE, Adalton Amadeu Bastos, os números refletem uma mudança do papel da mulher na sociedade:

? A mulher está entrando com maior força no mercado de trabalho e estudando por mais tempo.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna