“O câncer é um mundo próprio”, diz Michael Douglas, em tratamento contra um tumor na garganta

Ator, de 66 anos, vive uma fase inédita de envolvimento e dedicação à família

Papel de Michael em "Wall Street" lhe rendeu um Oscar
Papel de Michael em "Wall Street" lhe rendeu um Oscar Foto: Edward R. Pressman Film, divulgação

Compartilhar

Michael Douglas está filosófico.

– O momento é péssimo, mas é assim que as coisas acontecem – diz.

Ele está falando sobre o câncer de garganta em quarto estágio, descoberto em agosto, razão pela qual tem se submetido à radioterapia e à quimioterapia. Ao falar sobre o assunto, abre o coração, sem reservas.

– Levei as crianças (os filhos Dylan, dez anos, e Carys, sete) ao hospital e mostrei a elas todo o aparelho de radiologia para que elas pudessem entender o que estou passando. Elas assistiram a uma sessão do tratamento. Mas não há muito que possamos fazer. O câncer é um mundo próprio. Você tem apenas que seguir a orientação médica – diz.

O programa de tratamento deu-lhe, segundo ele, uma chance de recuperação entre 75% e 80%. E ele parece surpreendentemente bem: cabelos grisalhos escovados para trás, mais magro do que o esperado, porém cheio de energia, com seu charme habitual. E engajado.

– Tenho muito para agradecer. Sou muito abençoado por ter uma família que não poderia me apoiar mais – comemora.

Sua família inclui dois pesos-pesados de Hollywood – o pai, Kirk Douglas, e a mulher, Catherine Zeta-Jones.

Douglas tem 66 anos e ser pai na meia-idade teve nele um efeito enorme:

– Não sou mais determinado como antes. Nos últimos tempos, estou ocupado em ser pai e com minhas responsabilidades como marido. Nunca previ formar uma família na minha idade. Fico genuinamente feliz em deixar Catherine trabalhar, enquanto fico em casa com as crianças. Guardo este tempo no coração. A realidade, realmente, é outra.

Casamentos

O casamento com a primeira esposa, Diandra Douglas, terminou em 1995, e o filho que teve com ela, Cameron, de 31 anos, cumpre pena por tráfico de cocaína e metanfetamina.

– Durante meu primeiro casamento, minha carreira era a coisa mais importante na minha vida – admite.

– Sei claramente que cometi erros. Foram ausências. Meu filho mais velho, Cameron, está passando por um período muito, muito difícil e trágico. Cameron cometeu alguns grandes erros em sua vida. E pagou o preço. Por outro lado, ele está sóbrio. As crianças têm saudades dele; e ele, delas. Já as levei para visitá-lo. Agora que minhas prioridades são inteiramente diferentes, sempre encorajo pessoas a esperarem para formar família. Resolva sua carreira ao máximo primeiro – aconselha.

Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones casaram-se em 2000 e celebram o 10º aniversário da união em novembro. Ele admite que não esperava encontrar um relacionamento tão significativo.

– Catherine foi uma surpresa tremenda em minha vida. Depois de meu divórcio de Diandra, eu estava muito bem em meu ócio como homem solteiro e não podia acreditar o quão honesto podia ser com as mulheres – diz.

O casal faz aniversário no mesmo dia, 25 de setembro. Mudou-se para Nova York depois de passar os últimos dez anos vivendo em Bermudas.

– De agora em diante, vou gastar todas as minhas energias com as pessoas mais próximas. Quando você é jovem, você é muito envolvido e obcecado consigo mesmo. Conforme você vai envelhecendo, de repente, você passa a apreciar suas relações, a ser mais compreensivo com as fraquezas da vida, mais capaz de perdoar – e você tem mais tempo para as crianças. Contribui para um casamento um ambiente familiar muito mais feliz – completa Michael.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna