O diabo veste Prada, mas a Virgem Maria usa Louis Vuitton

Exposição na Itália traz estátua da santa com símbolo da famosa grife

Artista plástico diz que obra pretende "denunciar a sociedade do consumo"
Artista plástico diz que obra pretende "denunciar a sociedade do consumo" Foto: AFP

O diabo pode vestir Prada, mas o artista de uma exposição de arte sacra na Itália resolveu colocar sua estátua da Virgem Maria usando a grife Louis Vuitton para denunciar a sociedade de consumo, informou nesta quinta-feira um jornal local.

O véu que tradicionalmente cobre a cabeça de Nossa Senhora nesta escultura possui as letras douradas “LV”, marca registrada e conhecida mundialmente.

O artista Francesco De Molfetta, 31 anos, explicou que, com sua obra, teve intenção de “denunciar uma sociedade baseada no culto da aparência através do uso de uma marca que representa a busca pela felicidade efêmera”.

– Essa nova maneira de interpretar a arte sacra está em sintonia com o famoso trabalho apresentado (em 1999, em Veneza, por Maurizio) Cattelan, que mostra uma imagem em cera do Papa João Paulo II sendo atingido por um meteoro – explicou o curador da exposição, Giuseppe Bacci.

– É uma maneira de atingir o inconsciente do visitante – acrescentou.

A exposição está sendo realizada em Isola del Gran Sasso, na região central de Abruzzo.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna