O que não pode faltar para o seu merecido descanso com as crianças

Sair de férias é uma delícia, mas a lista de tarefas é grande, principalmente se você vai com as crianças na bagagem

Pense seriamente se o ursinho de pelúcia precisa ficar fora da mala na viagem de avião: quanto menos coisa na mão, melhor
Pense seriamente se o ursinho de pelúcia precisa ficar fora da mala na viagem de avião: quanto menos coisa na mão, melhor Foto: stock.xchng

Planejar os dias de nada para fazer, pesquisar destinos, arrumar as malas e dizer um até logo às chateações da rotina. Sair de férias é uma delícia, mas a lista de tarefas é grande, principalmente se você vai com as crianças na bagagem.

– Em todos os lugares do mundo, há crianças, e todas elas têm as mesmas necessidades. Elas nunca são um empecilho para viajar – lembra Patrícia Papp, autora do livro Crianças a Bordo – Como Viajar com Seus Filhos Sem Enlouquecer (Editora Pulp, R$ 29,90).

Mas, com os filhos, a bagagem tem de abrigar os brinquedos preferidos, alguns remédios, mamadeiras. Normal.

Se a viagem for de carro, o planejamento é um pouco diferente. Distração para as crianças, um bom mapa ou GPS à mão, um guia das lancherias e o cuidado com a hora de chegar ao destino.

– Com crianças, não dá para viajar por horas de carro sem parar e deixar para chegar muito tarde ao destino, porque elas ficam exaustas. Já de avião, escolha voos noturnos, porque aí as crianças dormem e mal sentem o tempo de viagem – observa Patrícia.

Viajar para o frio ou para o calor também faz diferença na hora de arrumar as malas. Organização ajuda a não deixar nada muito importante para trás.

– Mas lembre-se de que seu guarda-roupa nunca caberá na sua mala. Desapegue-se da ideia de querer usar uma roupa diferente a cada dia – ensina a consultora de imagem Alessandra Campanha.

Pequenos viajantes

:: Qual é a letra?
Invente um jogo para o período da viagem. Pode ser, por exemplo, encontrar palavras pelo caminho com uma letra do alfabeto. Vale propaganda em outdoor, nome de cidade em placas pela estrada, marcas de carro. Quem juntar mais palavras com a sua letra ganha.

:: CDs e livros
Junte revistinhas coloridas e os DVDs e CDs preferidos da molecada. Ofereça uma coisa de cada vez, para que eles não percam o interesse logo de cara por tudo. Uma alternativa é guardar surpresas para a viagem, como brinquedos muito queridos. Quando o tédio bater, tire do bolso.

:: Lanchinho
Em uma bolsa térmica, leve água, suco, bolachinhas leves e algumas frutas. Hidratação e alimentação saudável garantidas, com ou sem lancheria pela estrada.

:: Farmácia
Leve consigo pelo menos curativo, analgésico, remédio para enjoo e antitérmico. Não se esqueça de anotar na agenda do celular o telefone do pediatra. Na dúvida, peça socorro.

:: Oi, todo mundo!
No hotel, apresente seus filhos aos funcionários e mostre todas as dependências do lugar a eles. Assim, eles ficam mais familiarizados com o ambiente e, se por acaso se perderem pelos corredores, vão saber a quem recorrer ou, no mínimo, serão reconhecidos pelo pessoal do hotel.

:: Economize nas malas
Cuidado! Durante a viagem, a tralha se multiplica. O travesseiro e o bichinho preferidos acabam pulando para fora da mala. Some casaco, mamadeira, documentos que você precisa ter sempre à mão em aeroportos. Quanto menos coisa nas mãos, melhor.

Leia mais
Comente

Hot no Donna