“O Sul tem peças muito boas e diferentes”, afirma figurinista de Insensato Coração

Helena Gastal tem 31 anos de experiência em escolher roupas para vestir personagens

Anselmi conseguiu converter em lucro os modelitos de uma das protagonistas da novela Passione, a vilã Clara, personagem de Mariana Ximenes
Anselmi conseguiu converter em lucro os modelitos de uma das protagonistas da novela Passione, a vilã Clara, personagem de Mariana Ximenes Foto: Thiago Prado Neri

Com 31 anos de experiência em escolher roupas para vestir personagens de 29 novelas globais, a figurinista Helena Gastal, de Insensato Coração, tem atenção especial ao Rio Grande do Sul quando tem um novo trabalho à frente. Desde Vale Tudo (1988), ela vem ao Estado para selecionar peças com toques diferentes e se entregou, em sua última viagem a Nova Hamburgo, no ano passado, aos calçados daqui.

Responsável pelos figurinos de novelas marcantes como Mulheres Apaixonadas e Laços de família, em Insensato Coração ela tem o desafio de explorar com leveza as peças geralmente de inverno das malharias da serra. O guarda-roupas da novela tem 8 mil peças.

Zero Hora: Como é feito o contato com as empresas para a seleção das peças para os figurinos?

Helena Gastal: temos contato com as assessorias de imprensa, que nos abrem caminhos. Mas a pesquisa é diária. A gente viaja para alguns pontos do Brasil como São Paulo, Belo Horizonte e agora também o Rio Grande do Sul.

ZH: A partir de quando o Rio Grande do Sul entrou nas suas pesquisas?

Helena: minha primeira viagem ao Sul foi para Vale Tudo, mas tem se intensificado nos últimos anos. O Sul tem uma indústria muita forte em bolsas, calçados e malhas, com peças muito boas e diferentes.

ZH: Ser diferente é o diferencial das peças daqui?

Helena: Como muitos exportam ou vendem no Sul, algumas vezes não vemos essas peças chegarem no centro do país, então é uma novidade para a gente e para os telespectadores também. Para Insensato Coração, trouxe daí calçados que não tinha visto até então por aqui.

ZH: As malhas do sul que serão usadas em Insensato Coração, vestirão quem?

Helena: temos alguma coisa de malhas mais leves, porque a novela tem um clima mais de verão. Mas algumas peças já têm aparecido. Usamos a Zanatta, por exemplo, no Wiker (José Wilker, da personagem Humberto) e também nas comissárias de bordo no início da novela.

ZH: E como são feitas as negociação com as empresas? Todas as peças são compradas?

Helena: A maioria das vezes compramos, sim, mas como temos uma variedade muito grande de peças, negociamos preços. E também há as empresas que nos cedem as peças. O importante é a gente sempre fazer o contato antes e escolher. Recebo muitas caixas com roupas aqui e sempre digo para ninguém abrir se não foi pedido. A gente nunca sabe como vai ser essa cobrança depois, então tem que estar tudo combinado.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna