Obsessão por dietas e alimentos saudáveis pode indicar distúrbio

Falar muito em dietas e se recusar a comer alimentos preparados por outros são alguns dos sinais

Preocupação com o corpo e com uma alimentação saudável é importante, mas é preciso estar atento para que esse cuidado não se torne uma obsessão
Preocupação com o corpo e com uma alimentação saudável é importante, mas é preciso estar atento para que esse cuidado não se torne uma obsessão Foto: Ricardo Wolffenbüttel

A preocupação com o corpo e com uma alimentação saudável é importante, mas é preciso estar atento para que esse cuidado não se torne uma obsessão. Esse distúrbio alimentar, recentemente identificado, é chamado de ortorexia.

? A obsessão por dietas é caracterizada por indivíduos que apresentam medo excessivo de ganhar peso ou aqueles que buscam manter uma dieta extremamente restritiva ? explica a nutricionista Clarisse Zanette, mestre em Ciências Médicas e especialista em Nutrição Clínica .

Segundo Clarisse, ao contrário da anorexia e bulimia, o indivíduo que sofre de ortorexia permite-se comer somente alimentos saudáveis, observando cada conteúdo nutricional e o valor calórico dos alimentos. Na busca exagerada por este tipo de alimentação, eles acabam provocando um desequilíbrio alimentar, pois deixam de consumir muitas vitaminas e minerais.

A nutricionista acredita que esse tipo de distúrbio também é causado por influências externas de publicidade de produtos supostamente saudáveise e padrões de beleza impostos pela mídia. Identificar esse problema não é fácil, pois os sintomas são discretos:

? Muitas vezes os sinais desta obsessão passam despercebidos, como problemas de pele, unhas e cabelos enfraquecidos, anemia, tonturas, falta de disposição, dor de cabeça, dificuldade de raciocínio, problemas no funcionamento do intestino ? alerta a nutricionista.

Ter assuntos recorrentes relacionados à dietas e alimentação saudável, além de recusar refeições preparadas por outras pessoas são alguns dos sintomas que aparecem no ambiente social. Segundo Clarisse, contar todas as calorias dos alimentos que ingere também pode ser um sinal.

? Contar calorias para emagrecer não é saudável, pois pode levar a uma deficiência de nutrientes importantes ao organismo. Além disso, ficar obcecado pelas calorias e ficar lendo todos os rótulos, torna a dieta impraticável com o passar do tempo, levando ao ganho de peso novamente, o famoso efeito sanfona.

Clarisse recomenda que se procure um acompanhamento multidisciplinar, com nutricionista e psicólogo, aos primeiros sintomas da ortorexia.

ALIMENTE-SE BEM, DE FORMA SAUDÁVEL

:: Coma várias vezes ao dia:

Comer a cada três horas é a regra principal para o emagrecimento saudável. Comendo porções menores, várias vezes ao dia ajuda a manter o organismo saciado e a manter o metabolismo acelerado, favorecendo a queima de calorias.

:: Escolha melhor os lanches:

Utilize pelo menos três porções de frutas ao dia, garantindo as fibras, vitaminas e minerais em seu dia. Quanto mais variadas, mais nutrientes.

:: Evite impor restrições severas em dietas:

Muitas restrições alimentares aumentam as chances dos fracassos das dietas. Além disso, precisamos de gorduras para absorção de vitaminas A, D, E e K. Sempre tenha em mente que o emagrecimento deve vir junto da reeducação alimentar.

:: Como montar um prato:

Coloque saladas em metade de seu prato. No outro, escolha uma porção de arroz, feijão, carne e legumes. Assim, a refeição parecerá robusta, mesmo sendo composta por saladas.

:: Consuma alimentos com fibras, como cereais integrais, frutas e verduras:

Além de possuir nutrientes importantes, as fibras prolongam a saciedade e auxiliam no controle do peso.

:: Mantenha-se hidratado:

Beba no mínimo 1,5 litro de água por dia.

:: Nunca faça refeições vendo TV, lendo ou falando ao telefone:

A distração aumenta as chances de exagerar na quantidade de comida.

:: Coma devagar mastigue bem os alimentos:

Durante a mastigação, os hormônios presentes no estômago enviam para o cérebro a informação de que estamos ficando saciados. Quando comemos rapidamente, não dá tempo da informação chegar ao cérebro. Dica: Repouse os talheres sobre a mesa a cada garfada.

Leia mais
Comente

Hot no Donna