Papo de homem: ensaio sobre a amizade masculina

Inês Pedrosa, escritora e jornalista portuguesa de 48 anos: "Uma relação mais superficial, mas mais conveniente"

Escritora e jornalista portuguesa de 48 anos visita pela segunda vez o Rio Grande do Sul
Escritora e jornalista portuguesa de 48 anos visita pela segunda vez o Rio Grande do Sul Foto: Genaro Joner

Inês Pedrosa (foto) gosta de dizer que não existem histórias novas — fala-se sobre os mesmos temas desde sempre. Uma ou outra variação se deve às interferências que o amor, o sexo, o poder, o ódio e o ciúme sofrem nas diferentes culturas em que estão inseridos.

Escritora e jornalista portuguesa de 48 anos que pela segunda vez visita o Rio Grande do Sul — participou da Jornada de Passo Fundo em 2003, ano de publicação no Brasil de seu livro mais famoso, o tocante Fazes-me Falta —, ela está lançando Os Íntimos, romance que foca a amizade entre homens.

— A amizade masculina tem características muito próprias. É uma relação mais superficial, mas mais conveniente. Eles perdoam muito mais as falhas uns dos outros — define.

Admiradora de Machado de Assis e Clarice Lispector, a autora dirige em Lisboa a Casa Fernando Pessoa, dedicada a preservar a obra do poeta. É divorciada e mãe de Laura, 12 anos, uma empolgada leitora de J.K. Rowling, criadora de Harry Potter, e Stephanie Meyer, da saga Crepúsculo. Tem Moacyr Scliar, por quem procurava ontem na Praça, entre seus autores prediletos:

— A Mulher que Escreveu a Bíblia é um dos livros da minha vida.

Leia mais
Comente

Hot no Donna