Para atacar olheiras e outras imperfeições, só mesmo armada com um bom corretivo

Maquiador esclarece dúvidas sobre o uso dos tipos de produtos no rosto

Em musse ou líquido, produto ajuda a cobrir imperfeições
Em musse ou líquido, produto ajuda a cobrir imperfeições Foto: Eduardo Carneiro

Não tem jeito. Por mais que você frequente o dermatologista, experimente todas as receitas caseiras e nunca esqueça de passar creme antes de dormir, só mesmo um bom corretivo para dar conta de uma noite maldormida. Opções não faltam: líquidos, em mousse, cremosos, iluminadores, de baixa, média ou alta cobertura.

Para acertar na escolha, apenas testando. O top maquiador Duda Molinos e o representante da Yves Saint Laurent na América Latina, Alcides Ragone, respondem às principais dúvidas na hora de esconder as manchas escuras. Confira.

– O corretivo vem antes ou depois da base?
Não existem regras na maquiagem. Com o tempo, você entenderá o que funciona na sua pele e criará regras próprias. Molinos ensina que passar base, por exemplo, é desnecessário se a pele não precisa de grandes correções. Mas se a ideia é fazer a maquiagem completa, ele orienta que o corretivo venha depois.

– Como saber qual é a minha cor de corretivo?
Não teste o produto na mão ou no pulso. Geralmente a cor não corresponde exatamente à do rosto. Ragone explica que, se a intenção for cobrir olheiras, o melhor é comprar o corretivo um tom abaixo da cor natural da pele, porque cobre melhor a região – que é mais escura – e ilumina. Molinos acrescenta que, para cobrir manchas mais claras ou escuras ou disfarçar espinhas e tirar a vermelhidão no canto dos olhos e ao redor do nariz, o melhor é comprar um corretivo que seja exatamente da cor da pele.

– Corretivo colorido funciona?
Você já deve ter visto corretivos roxos, verdes e amarelos, que servem como neutralizadores. Tons opostos se neutralizam. Portanto, se você tem uma olheira que puxa para o marrom ou pretende cobrir manchas avermelhadas, o verde pode ajudar. Mas se você não é mestra na arte de se maquiar, os profissionais orientam a deixar o truque de lado.

– Como aplicar o corretivo?
Existem no mercado alguns pincéis próprios e pode-se usar uma esponjinha própria para maquiagem, que proporciona um resultado natural. Para quem está começando, a melhor forma de aplicar o corretivo é usar o dedo anelar, que é mais leve, e dar batidinhas na região que quer cobrir, como ensina Ragone. Mas nada de esfregar o produto na pele – isso retira o produto, em vez de fixá-lo.

– E se ele marcar as linhas de expressão?
Para Molinos, uma boa tática é aplicar menos corretivo. Ragone ensina outro truque: se a sua pele é mais madura, aplicar um creme hidratante anti-idade antes do corretivo pode ajudar.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna