Perigo à vista: entenda o que é a celulite infecciosa

Bem diferente da celulite normal, a do tipo infecciosa é até letal

Mais do que dano estético, a celulite infecciosa é uma doença grave
Mais do que dano estético, a celulite infecciosa é uma doença grave Foto: Divulgação, Gil Wikom

Com febre acima de 38ºC e dores na região embaixo do braço esquerdo, a vigilante Maria Teresa Barbosa procurou um hospital. Ouviu, surpresa, o diagnóstico: estava com celulite infecciosa, foi internada e tratada com antibióticos.

Bem diferente da celulite que marca o corpo de muitas mulheres, a do tipo infecciosa é uma doença grave, que pode ser letal. O distúrbio ocorre quando o tecido subcutâneo inflama. Já a versão inofensiva, chamada pelos médicos de lipodistrofia ginoide, é o efeito estético do acúmulo de gordura.

A dermatologista estética Tânia Vilela explica que a celulite infecciosa é provocada por vários tipos de bactérias. Os recém-nascidos estão mais sujeitos à ação de estreptococos, estafilococos e hemófilos. Os idosos, por sua vez, podem ser afetados por micro-organismos do tipo pseudomonas. A infecção ocorre quando existe uma porta de entrada, como uma ferida ou uma picada de inseto. Segundo a médica, o problema pode ocorrer no rosto, em função de uma acne ou de um problema odontológico. A celulite pode, ainda, se manifestar como dolorosas bolhas, capazes de provocar necrose do tecido ao se romperem.

? Embora mais raro, o quadro pode evoluir para infecção generalizada – afirma a dermatologista Bárbara Uzel.

:: Palavra de especialista

A celulite comum é o terror das mulheres. A do tipo infecciosa afeta também os homens?
Não se deve confundir a celulite “normal”, cujo nome científico é lipodistrofia ginoide (mais comum em mulheres por questões hormonais), com a celulite infecciosa, que pode acometer homens e mulheres em qualquer idade, principalmente pessoas com baixa imunidade.

Erisipela e celulite infecciosa são a mesma doença?
Não. A erisipela é uma infecção também bacteriana, porém mais superficial. Afeta vasos linfáticos e acomete principalmente membros inferiores, geralmente associada a ferimento prévio que evolui para erisipela.

Este tipo de infecção pode deixar sequelas?
Se for tratado precocemente,não deixa sequelas, mas se evoluir sem tratamento pode deixar cicatriz. Como é uma infecção bacteriana, se não for corretamente tratada, pode evoluir para infecção sistêmica e levar à morte. O diagnóstico da celulite infecciosa é complicado? Trata-se de um quadro clínico muito clássico. O fundamental é o tratamento precoce com antibióticos e exames de acompanhamento para a detecção da bactéria. 

Fonte: Bárbara Uzel, dermatologista

Leia mais
Comente

Hot no Donna