Prática esporádica de atividade física é tão prejudicial quanto ser sedentário

O ideal é encaixar os exercícios na sua rotina pelo menos 2x por semana

Exercício ajuda na prevenção de diabetes, câncer e hipertensão
Exercício ajuda na prevenção de diabetes, câncer e hipertensão Foto: Daniel Marenco

Chega o final de semana e pronto: é só colocar uma roupa de ginástica, um tênis confortável e ir ao parque praticar alguma atividade física. Mas o que era pra ser um benefício à saúde torna-se um grande pesadelo. Se o corpo não estiver preparado para praticar atividades competitivas como futebol, dores e lesões são inevitáveis.

Torções, luxações, distensões musculares e até fraturas podem acontecer aos chamados “atletas de final de semana”. Praticar atividades de condicionamento vascular e de condicionamento músculo articular durante a semana ajudam a evitar possíveis lesões. Especialistas alertam: o organismo precisa de regularidade para obter benefícios.

A prática esporádica de atividade física pode ser tão prejudicial quanto levar uma vida sedentária. Ao lado da obesidade, diabetes e hipertensão arterial (conseqüências do sedentarismo), estão as lesões causadas pela sobrecarga e intensidade de exercícios realizados apenas aos finais de semana.

Além de não melhorar o condicionamento físico e ter grandes chances de voltar pra casa com uma possível distensão muscular, por exemplo, treinar menos do que três vezes por semana não ajuda aqueles que só têm dois dias para se dedicar a atividade física. Marcelo Jaime, professor de Bio Suspension Training da Bio Ritmo Academia,  explica que todo o esforço feito no final de semana se perde totalmente, já que o organismo não assimila os efeitos dos exercícios como regulares.

A solução para aqueles que têm pouco tempo disponível é encaixar uma série de exercícios preventivos e de resistência pelo menos duas vezes por semana, com duração de meia hora cada. 

? O ideal é combinar exercícios que chamamos de globais, onde todos os grupos musculares são trabalhados simultaneamente, com exercícios feitos em suspensão, realizados em sistema de ancoragem com o auxílio de estruturas de apoio.

Além disso, o treino desses ainda melhora a postura e possibilita o aumento da capacidade aeróbia e a queima de 250 a 400 calorias, dependendo da intensidade do treinamento.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna