Pré-venda na internet de “Chico” começa nesta segunda-feira

Chico Buarque oferece mimos para quem comprar antecipadamente seu novo disco de inéditas

O cantor e compositor Chico Buarque
O cantor e compositor Chico Buarque Foto: Canivello Comunicação

Um novo disco de inéditas de Chico Buarque pode render assunto para um mês inteiro.
Vai ser assim com seu próximo álbum, que estará nas lojas em 20 de julho – mas será antecipado a partir desta segunda-feira (20), já em pré-venda no site da gravadora Biscoito Fino e com previsão de ser disponibilizado também no site www.chicobastidores.com.br.

Chico, 67 anos completados neste domingo (19), será protagonista de um lançamento virtual em formato inédito no Brasil ao combinar duas práticas já comuns: divulgar na internet as faixas de um CD antes de o disco chegar ao mercado e documentar em vídeo e áudio o processo de criação e gravação das canções.

Em síntese, o site vai disponibilizar diariamente conteúdos exclusivos para quem fizer a compra antecipada do álbum, cujo título será apenas Chico. A maior parte desse material inclui vídeos curtos, com depoimentos do cantor e compositor e imagens das gravações – como na amostra de 42 segundos publicada na última segunda-feira.

O projeto, bancado pela gravadora Biscoito Fino, tem origens no documentário Desconstrução, que registra a feitura do álbum anterior, Carioca (2006). O diretor do filme, Bruno Natal, não queria repetir a fórmula – e aí surgiu a ideia da pré-venda.

Natal adianta que o novo material deverá agradar quem apreciou a espontaneidade de Chico em Desconstrução – há cenas nas quais o compositor explica, por exemplo, como faz suas gravações demo. Haverá também conteúdos gratuitos – e os produtores reconhecem que mesmo o material exclusivo deverá ser disseminado pela rede. Explica Natal:

– Esse projeto se encaixa em uma realidade na qual tudo vai parar na internet. Você tem que abraçar essa abertura que a internet dá. Buscamos uma maneira de usar isso a nosso favor.

Como um compositor tradicional como Chico Buarque reagiu a essa proposta? Segundo a equipe, ele acompanhou as discussões e aprovou tudo – embora o meio virtual ainda seja um universo um tanto distante.

– Foi bem divertido. Ele (Chico) achava interessantes as ideias, mas demorou a entender como iria funcionar. Por mais que tenhamos explicado, acho que só quando (o site) entrar no ar é que ele verá a repercussão. É engraçado ver alguém como o Chico ainda se surpreender – conta o produtor do projeto, Pedro Seiler.

Conforme sua assessoria, Chico não deverá dar entrevistas sobre o disco. Mesmo assim, a iniciativa já repercute. O crítico e produtor Nelson Motta, por exemplo, elogiou a proposta, destacando que se trata de algo “normal para um artista contemporâneo que tem que encontrar novas formas de se comunicar com seu público”.

– É tudo para escapar das entrevistas – brinca Motta, por e-mail. – Uma vez, perguntei a João Gilberto qual é a melhor forma de promover um disco ou um show, e ele mandou na lata, com sabedoria absoluta: “Informar corretamente às pessoas interessadas”. Claro, não precisa contar vantagens nem mentiras, e não adianta tocar Chico Buarque para o público de Malhação ou em bailes funk.

Acervo digital

Desde sexta-feira, o site do Instituto Antonio Carlos Jobim (www.jobim.org) disponibiliza, para consulta gratuita, textos, reproduções de manuscritos e também arquivos de áudio de parte da discografia de Chico Buarque. É um generoso volume de dados: 1.044 imagens, 7.916 letras e partituras e 26.152 textos, entre cadernos, documentos pessoais, reportagens, roteiros para cinema e teatro e correspondências. A digitalização custou R$ 200 mil e foi bancada pela Vale com uso da Lei Rouanet.

Como será

> Quem comprar antecipadamente o disco no site, a partir de hoje, receberá uma senha para a versão completa da página e já poderá ouvir a primeira música de trabalho.

> O preço informado pela gravadora Biscoito Fino é de R$ 29,90.

> Até o dia 20 de julho, novos conteúdos serão publicados diariamente – tanto na versão exclusiva como na parte pública do site.

> Nos 10 dias anteriores ao lançamento físico do disco, a área exclusiva do site vai exibir clipes das gravações das músicas do álbum.

> Em 15 de julho, uma entrevista  em áudio e vídeo será distribuída à imprensa. No dia 19, os compradores poderão assistir a um documentário sobre a gravação do disco.

> Por fim, em 20 de julho, o CD chega às lojas.

Leia mais
Comente

Hot no Donna