Prédio que pertencia à máfia passa a hospedar butique sustentável

Proposta da grife italiana Cangiari é também promover a sensibilização cultural

Foto do Spazio Cangiari na Itália
Foto do Spazio Cangiari na Itália Foto: Divulgação

Um espaço recuperado da máfia calabresa ‘Ndrangheta na cidade italiana de Milão passará a hospedar, a partir desta quarta-feira, a primeira butique de luxo ética, social e sustentável.
  
Chamado Espaço Cangiari e com cinquenta metros quadrados no primeiro andar de um edifício, o local é uma iniciativa do Consórcio Social Goel (CGM), que reúne empresas sociais comprometidas com as mudanças na Calábria e no resgate das comunidades locais.
  
Além dos produtos da grife Cangiari, também serão exibidos artigos selecionados com base em qualidade, produção ecológica e manufaturadas por companhias socialmente responsáveis, que buscam recuperar as tradições locais.
  
O espaço também se propõe a servir como um lugar de sensibilização cultural sobre temas da justiça social e da sustentabilidade ambiental. Participaram do projeto a prefeitura de Milão e a Fundação Vodafone.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna