Preta Gil escreve artigo sobre a real beleza da mulher

Cantora afirma que não defende a apologia à gordura

Preta Gil no cenário do seu programa
Preta Gil no cenário do seu programa Foto: Alexandre Campbell, Divulgação

A atriz e cantora Preta Gil escreveu um artigo para o jornal O Dia defendendo o direito das mulheres de usarem tamanhos de roupa além do considerado “ideal”. Em seu texto, Preta diz que o verão está chegando e, na carona dele, a paranoia coletiva feminina de “entrar no peso correto” antes da estação do calor começar.

A filha de Gilberto Gil já tornou pública sua luta contra a balança e nunca escondeu que já fez procedimentos cirúrgicos para emagrecer. Hoje em dia, ela prega a aceitação da real beleza. Confira um trecho do artigo:

“Não sou a favor da moda ‘plus size’. O que precisa acontecer é o mundo entender a mulher real. Entender que existe a mulher maior que o número 42. A moda tem que acompanhar a mudança que vem acontecendo na sociedade mundial. Toda mulher vaidosa gosta de ver o anúncio de uma roupa na revista ou ver um desfile e poder chegar na loja e comprar igual.

Eu, Preta Gil, posso dizer que não caio mais nessas armadilhas. Aprendi na vida que não existem mulheres gordas e, sim, mulheres reais e possíveis. Falo desse assunto de carteirinha, pois sou uma mulher real que já caiu em todos os truques da indústria da beleza. Já fiz três lipoaspirações,dezenas de dietas malucas, tomei remédios e nada disso me fez feliz! A felicidade só veio quando percebi que ser magra não é sinônimo de felicidade! Hoje, tenho certeza que meu discurso está ganhando força mundo afora.”

Leia mais
Comente

Hot no Donna