Procura por cirurgias plásticas aumenta com a chegada do inverno

Médico dá dicas para aproveitar melhor a estação ao realizar o procedimento

Ervilha em forma de sopa ajuda na sensação de saciedade
Ervilha em forma de sopa ajuda na sensação de saciedade Foto: Substância, Divulgação

Na estação mais fria do ano, as pessoas começam a se preparar para o verão. As mulheres, em especial, começam a se preocupar em exibir uma boa forma, além de cabelo e pele hidratados. Sendo assim, a procura por tratamentos estéticos aumenta muito neste período, inclusive a cirurgia plástica.

A incidência dos raios solares é menor nesta época do ano. Desta forma é possível usar, sem sofrimento, as cintas e malhas elástica, necessárias para o pós-operatório. Com a temperatura mais baixa não é preciso expor o corpo, sendo possível esconder os curativos, as cicatrizes e o inchaço decorrente do procedimento cirúrgico. Além disso, o resultado final aparece, em média, depois de seis meses da cirurgia.

Ao decidir pela cirurgia plástica é preciso tomar algumas precauções. O cirurgião plástico Gustavo Tilmann resume os elementos fundamentais que garantem o sucesso do procedimento:

:: Lembre-se que, como qualquer outra cirurgia, a plástica também oferece riscos, mas que podem ser evitados se você buscar informações sobre o especialista e a clínica, por meio da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, qualquer procedimento deve ser realizado por um médico especializado no assunto e em um hospital, devido à estrutura que o centro cirúrgico oferece ao paciente.

:: Não crie expectativas irreais. A cirurgia plástica não faz milagre e não é a solução de todos os seus problemas. Cada caso é um caso.

::  Se você tem dúvidas sobre o procedimento não deixe de conversar com o seu cirurgião, ele é único que pode te orientar neste momento. Para isso, a relação de confiança entre paciente e médico é indispensável.

Leia mais
Comente

Hot no Donna