Produtos light nem sempre são menos calóricos

Dica é substituir alimentos para alcançar um resultado positivo

Trocar o pão francês pelo pão integral é um dos conselhos de nutricionista
Trocar o pão francês pelo pão integral é um dos conselhos de nutricionista Foto: Frances Magee/Stock.xchng

Alimentos light são aqueles que sofreram uma redução de pelo menos 25% da quantidade de um determinado nutriente, o que não necessariamente significa que eles são menos calóricos. Em alguns casos, o fato de ter menos gordura não quer dizer que o produto não engorda, porque ele pode compensar no açúcar.

? Para que o alimento light tenha menos calorias do que o original é necessário que haja uma diminuição no teor de algum nutriente energético, como carboidratos, gorduras e proteínas, pois são estes nutrientes que o corpo retém e que, em grande quantidade, se transformam nas gordurinhas indesejadas, se não as gastarmos com exercícios físicos ? explica a nutricionista Renata Fidelis.

Ela recomenda cuidado no consumo desse tipo de produto para não cair na armadilha de consumir em maior quantidade só porque é light.

? Um alimento light ingerido em grande quantidade pode engordar até mais do que uma porção normal do produto original ? alerta Renata.

Para alcançar um resultado positivo na dieta, a nutricionista aconselha a substituição de alimentos do dia a dia, por exemplo: pão francês por pão integral, leite integral por leite desnatado. Frutas, verduras, legumes, peixes e oleaginosas (nozes e castanha) colaboram para uma alimentação saudável e com poucas calorias.

Em vídeo, entenda a diferença entre dieta e reeducação alimentar:

Leia mais
Comente

Hot no Donna