Programa amplia acesso a tratamentos para infertilidade

Descontos nos medicamentos e nas consultas são disponiblilizados a casais com renda de até R$3.850

Tecido jersey se mostra perfeito para festas devido ao caimento
Tecido jersey se mostra perfeito para festas devido ao caimento Foto: Ricardo Wolfenbüttel

No Brasil, um em cada seis casais apresenta problemas de infertilidade. Ou seja, tentam engravidar sem a utilização de método anticoncepcional há mais de um ano. Os tratamentos de fertilidade custam caro. Por conta disso, muitos casais inférteis desistem de engravidar.

Pensando nisso, foi criado o Programa Acesso, voltado a casais com renda de até R$ 3.850, com um patrimônio de no máximo R$ 100.000,00. Ele propicia desconto de até 50% nos medicamentos e abatimentos no acompanhamento médico nas 72 clínicas participantes, localizadas em 31 cidades de todas as regiões do País. No Rio Grande do Sul, há profissionais conveniados em Porto Alegre, Pelotas e Passo Fundo.

Em atividade desde 2006, o programa já atendeu a 4.204 casais, ou 75% dos inscritos. A média de idade das mulheres participantes é de 35 anos e dos homens é de 37 anos.

Funcionamento

Para participar, o casal precisa agendar uma consulta nas clínicas participantes para a retirada de um formulário com orientações para a seleção. Após a comprovação de que está em condições de receber tratamentos de fertilização, é feita uma análise da renda do casal. Não há lista de espera. O site www.queroterumfilho.com.br traz mais informações sobre o processo.

Leia mais
Comente

Hot no Donna