Proibido o sobrevoo do local onde Chelsea Clinton se casará em Nova York

Medida visa evitar mais assédio dos paparazzi que já andam pela localidade

Além de paparazzi, população de NY cerca o local com homenagens e brincadeiras
Além de paparazzi, população de NY cerca o local com homenagens e brincadeiras Foto: AFP

Autoridades federais dos Estados Unidos ordenaram fechar o espaço aéreo sobre um pequeno povoado do estado de Nova York, onde será celebrado o casamento de Chelsea Clinton, este fim de semana.

A Autoridade Federal de Aviação americana informou na quarta-feira que a proibição atinge aviões que voam a menos de 610 m de altura sobre o complexo Astor Courts, arredores de Rhinebeck.

A proibição, conhecida como “restrição temporária de voo por VIP (Very Important People, gente muito importante)”, durará entre as 15h de sábado, dia do casamento, até as 03h00 de domingo.

A medida visa aos paparazzi, que normalmente tentam tirar fotos aéreas exclusivas de eventos com estritas medidas de segurança.

Chelsea Clinton, de 30 anos, filha do ex-presidente, Bill Clinton, e da atual secretária de Estado, Hillary, se casará no sábado com o banqueiro Marc Mezvinsky.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna