Propagandas estão relacionadas com aumento da obesidade infantil

Crianças não fazem distinção entre programaçao e publicidade na TV

Crianças veem na TV o que é publicidade e insistem com os pais para consumir
Crianças veem na TV o que é publicidade e insistem com os pais para consumir Foto: Daniel_Marenco

Obesidade é um assunto de saúde sério e de alto custo social e econômico para países como os Estados Unidos, cujas taxas não param de aumentar. Preocupada com as crianças, que podem ser a esperança para mudar este quadro, a American Psychological Association fez um levantamento sobre as causas da obesidade infantil.

Crianças e jovens entre 8 e 18 anos são expostas muitas horas por dia a diversos tipos de informações e mídias, como jogos de computador e programas de televisão, sem outras atividades como esportes além da escola. A televisão, então, acaba sendo responsável por boa parte do que é consumido pelos pequenos, que segundo a pesquisa não distinguem o que é informação do que é publicidade.

– Crianças com menos de seis anos não fazem a distinção. A publicidade dirigida a elas é uma exploração – conclui o artigo. 

A associação ressalta ainda que as propagandas sobre comidas com valores nutricionais pobres ou nulos é especialmente prejudicial, já que os pequenos consumidores não têm a capacidade de avaliar. Outro ponto que chamou a atenção dos pesquisadores é que as crianças recordavam de maneira incrível os conteúdos (programas ou publicidade) assistidos, mesmo após terem visto apenas uma vez.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna