Proteja os pés da criançada

Escolher o calçado certo para os primeiros passos é fundamental

Sapatinhos devem dar a sensação de andar descalço
Sapatinhos devem dar a sensação de andar descalço Foto: Divulgação

Primeiro, eles se agarram pelos móveis e vão ensaiando os primeiros passos. Depois, ninguém os segura: quando as crianças começam a caminhar, os pais começam a se preocupar com o ambiente que eles exploram e com o melhor tipo de calçado para colocar nos pezinhos.

No último mês, um grupo de médicos especialistas em pediatria e ortopedia concluiu um estudo no qual define como alternativa de calçado ideal o modelo fisiológico, aquele que mais se aproxima do “estar descalço”. Segundo Egon Henning, médico ortopedista, membro emérito da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé, o calçado fisiológico é aquele que não interfere no desenvolvimento natural dos pés, proporcionando o contato com todos os estímulos externos da natureza, provocando a sensação do andar descalço, e que tem toda a proteção que os pés precisam.

É fundamental que as crianças que não caminham ou que estejam começando a caminhar tenham um calçado leve, confortável em couro e sem costuras internas, diz o mestre em ortopedia e traumatologia Luiz Antônio Chaves Carvalho. O calçado não deverá atrapalhar o desenvolvimento normal de um pé em crescimento. Além disso, para cada faixa etária, o indicado é que os pais encontrem calçados que mais se adapte à fase da criança.

Tipos de calçado

Ortopédico – Interfere no desenvolvimento do pé para correção de anomalias e defeitos de sua anatomia.

Anatômico – É o calçado que respeita a forma natural do pé, deixando-o crescer livremente.

Fisiológico – É o calçado que não interfere no desenvolvimento normal dos pés e proporciona maior contato com os estímulos da natureza.

Leia mais
Comente

Hot no Donna