Pulseiras de identificação ajudam a prevenir desaparecimento de crianças na praia

Só nesta quarta-feira, pelo menos cinco casos foram registrados em trecho da orla de Capão da Canoa

Salva-vidas escreveram mensagem de advertência aos pais em frente a guarita em Capão da Canoa
Salva-vidas escreveram mensagem de advertência aos pais em frente a guarita em Capão da Canoa Foto: Fabiane Chaves/BM

Um fato está preocupando bastante os pais e os salva-vidas no Litoral Norte. É o desaparecimento de crianças na beira da praia. Só nesta quarta-feira, cinco delas se perderam dos pais, entre a guarita 74 e 76 de Capão da Canoa. Para evitar o problema, as guaritas fornecem pulseiras de identificação para colocar no pulso dos pequenos.

Um caso aconteceu no meio da tarde. O menino de seis anos só foi encontrado por volta das 19h30min, a três quilômetros de onde desapareceu, segundo a Brigada Militar.


Pulseiras de identificação estão á disposição em guaritas de salva-vidas
Foto: Kamila Almeida

O desespero dos pais e das crianças preocupam os salva-vidas da guarita 76. O sargento Ricardo Mariano Sanchez Martines e o soldado Nilton Marcos Gerevini fizeram um desenho na areia com uma mensagem pedindo atenção. 

A Brigada Militar informa que pulseiras adesivas estão disponíveis em todas as guaritas. Na fita, é possível escrever o nome e os contatos dos pais e das crianças.

Leia mais
Comente

Hot no Donna