Quase a metade das mulheres prefere ficar sem sexo a sem internet

Pesquisa propôs abstinência, cibernética ou sexual, por duas semanas; web chegou perto de ganhar

Quase a metade das mulheres prefere ficar sem sexo a sem internet
Quase a metade das mulheres prefere ficar sem sexo a sem internet Foto: Reprodução

Sexo e internet estão disputando parelho a preferência feminina. Uma pesquisa online perguntou ao público feminino se preferiria ficar sem acesso à web ou sem relacionamentos íntimos por duas semanas. O resultado, 46% delas preferiram ficar conectadas.

A pesquisa, realizada pela Intel, mostra uma maior preferência pela web conforme a faixa etária. entre as mulheres com idade entre 18 e 34 anos, 49% não abre mão da conexão, índice que sobe para 52% entre as participantes com 35 a 44 anos.

Entre os homens, a preferência continua sendo o sexo, com uma margem maior de vantagem. No geral, 70% dos entrevistados não dispensou a relação sexual no período, largando de mão a internet.
Na faixa etária de 18 a 34, o índice baixou para 61%. Já os homens entre 35 e 44, aumentou para 77%.

O estudo, realizado pela empresa Harris Interactive, teve 2.119 participantes no mês de novembro.

Segundo o blog Business Technology, do Wall Street Journal, não se trata de uma pesquisa científica sobre o comportamento sexual humano, mas sim é um registro do interesse crescente das pessoas pela internet, dado importante para Intel, cujos processadores estão em muitos terminais de acesso à web.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna