Quentinhos: a roupa ideal para as crianças encararem o frio

Como vestir os filhos para a temperatura inconstante da estação no Estado é uma dúvida frequente. Confira dicas para crianças e bebês

13569109
Foto: Lauro Alves

Quantas peças de roupa são necessárias para uma criança enfrentar o frio da estação? Basicamente o mesmo número que os pais vestem para encarar o vento gelado e a temperatura baixa, respondem de forma unânime os médicos. A regra só muda se os pais estiverem agasalhando os recém-nascidos. Como têm a pele mais fina, os bebês de até seis meses perdem mais calor e, consequentemente, necessitam de mais roupas.

:: Veja galeria de fotos com dicas do que vestir para passear, dormir e na escolinha

Os pais, no entanto, não podem perder de vista que a vestimenta tem de aquecer sem dificultar a mobilidade dos pequenos. Correr no parque de calça jeans apertada e com casacos ajustados ao corpo não são as opções mais indicadas. É importante considerar também que as extremidades do corpo das crianças – mãos, pés e couro cabeludo -  têm uma tendência maior a se gelar no inverno. Logo, meias grossas, luvas e toucas precisam estar à mão.

Com os nenês, mais um cuidado: as roupas em contato com a pele têm de ser de algodão para evitar alergias. Tecidos de moletom ou soft são boas opções.

As peças retiradas das prateleiras mais altas do guarda-roupas devem ser sacudidas, para retirar o pó, arejadas e expostas ao sol, para perder o cheiro de mofo, a fim de evitar crises alérgicas nos pequenos.

13568549

São Paulo Fashion Week começa hoje e tem 32 desfiles na agenda

Matéria anterior
13569652

Mobilização contra uso de peles agita redes sociais na véspera do SPFW

Próxima Matéria