Quer começar a se mexer? Caminhar é uma boa pedida

Foto: Diego Vara

Passados os meses de praia e piscina, bate um sedentarismo. Quem pratica atividade física, principalmente para estar em boa forma no verão, dá uma relaxada em março. Para espantar esse ritmo lento, sem precisar desembolsar nada, uma boa sugestão é a caminhada. Seja na rua, no parque ou na academia, o importante é praticar um esporte.

Segundo o educador físico da Ulbra, Alexsandro Bauer, que está coordenando um projeto de caminhada orientada para estudantes e funcionários da instituição, esse é um exercício que não causa impacto nas articulações e ajuda a perder peso, além de melhorar a condição cardiorrespiratória.

Embora observe que a caminhada é uma das atividades físicas mais seguras e indicadas, o ortopedista Carlos Henrique Junior, especialista em medicina do esporte, alerta que antes de começar a praticá-la é essencial consultar um médico.

– Uma pessoa que está com artrose (degeneração de cartilagem e ossos), por exemplo, pode agravar o seu estado de saúde se praticar esportes sem ter passado por uma avaliação. Dependendo do paciente, é preciso reduzir o tempo do exercício – diz.

Conforme o médico, a caminhada é excelente para quem sofre de doenças cardiovasculares, pois diminui os níveis de colesterol. Recomendada também para idosos, por oferecer maior exposição ao sol, é uma maneira de prevenir e combater a osteosporose (diminuição da massa óssea).

Confira algumas dicas para começar a se cuidar o quanto antes:

::: Quer começar? Uma média de 40 minutos, incluindo cinco minutos de alongamento, é suficiente.

::: Para caminhar, basta um par de tênis apropriado e uma roupa leve.

::: Mas use tênis de qualidade, do contrário, pode resultar em problemas de coluna.

::: Convide um amigo – com uma companhia é mais difícil desistir no meio do caminho.

::: Se ninguém topar, vale um rádio para estimular as passadas.

::: Durante o trajeto, experimente beber água de coco, que é um excelente repositor energético natural.

::: Nos últimos cinco minutos, dê uma desacelerada no passo.

::: Escolha horários mais propícios, como o início da manhã ou o final da tarde.

::: Não saia para caminhar em jejum.

::: Opte por caminhar em parques ou praças com terreno plano para evitar quedas.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna