Quiropraxia: terapia moderna contra o estresse

Técnica é indicada para problemas como escoliose, hérnia de disco, alterações posturais e até dores de cabeça

Prática terapêutica é focada nas disfunções muscoesqueléticas
Prática terapêutica é focada nas disfunções muscoesqueléticas Foto: Daniela Xu

Como o nome já diz, a quiropraxia é uma prática que utiliza como principal ferramentas as mãos (o prefixo ? quiro ? significa mão), contudo, diferentemente do que muitos pensam, a terapia não é um tipo de massagem. De acordo com o professor responsável pela Clínica Escola de Quiropraxia da Feevale, Nilo Mayer, a quiropraxia é uma ciência e uma filosofia cuja prática terapêutica é focada nas disfunções muscoesqueléticas, especialmente as relacionadas ao sistema nervoso.

? Ela teve origem nos EUA há mais de cem anos e, desde então, vem sendo bastante estudada. A quiropraxia tem o objetivo de tratar principalmente subluxações vertebrais da coluna e as alterações neurológicas que podem ser causadas por estes problemas. Mas, de forma geral, ela também cuida de todas as articulações do corpo ? explica.

As subluxações são disfunções articulares que afetam o sistema nervoso, e a prática da quiropraxia trabalha basicamente para localizar, avaliar e corrigir estes problemas.

Segundo Mayer, essas disfunções podem ser causadas por traumas, mas também podem ser oriundas de uma má postura, de tensões musculares ou até do estresse, fator bem comum hoje em dia.

? Uma vértebra pode estar luxada de 12 formas diferentes. Temos que saber exatamente como para fazer o que chamamos de “ajuste”. Antes, realizamos um exame físico e, se for necessário, solicitamos também um raio-X. Tendo todas as informações, definimos o que é melhor para este paciente ? explica.

A prática utiliza, obviamente, técnicas manuais, porém, dependendo do caso, também lança mão de aparelhos ou macas apropriadas.

Conforme o professor, a terapia, que utiliza técnicas manuais e também aparelhos específicos, é indicada para problemas como escoliose, hérnia de disco, desgastes de disco, alterações posturais, alterações de membros inferiores, dores muscoesqueléticas, estresse e dores de cabeça.

? A dor de cabeça e o estresse muitas vezes têm origem cervical e podem ser tratados pela quiropraxia. Além disso, trabalhamos também de forma a prevenir esses problemas, e qualquer pessoa, de qualquer idade, pode buscar a quiropraxia.

O professor afirma ainda que, atualmente, a quiropraxia já é praticada em 85 países e que vem se difundindo bastante também no Brasil.

As pessoas não estão mais se satisfazendo com os tratamentos já conhecidos, estão procurando outras formas, e a quiropraxia é uma técnica interessante, pois está diretamente relacionada ao bem-estar do paciente. Não é à toa que existe uma pesquisa que diz que a profissão de quiropraxista é a segunda mais procurada nos EUA ? comenta.

Mayer alerta, porém, que, para ser quiropraxista, é necessário ter formação de nível superior na área. O curso tem duração de cinco anos, abrangendo estudos nas áreas de anatomia, fisiologia, radiologia, entre outros. Se for procurar um profissional que aplique a técnica, portanto, informe-se se ele é realmente apto para fazê-lo. O site da Associação Brasileira de Quiropraxia possui uma lista com todos os quiropraxistas por cidade do país.

Leia mais
Comente

Hot no Donna