Rede social permite que viajantes achem um canto amigo onde se hospedar pelo mundo

A onda é surfar no sofá

Site destaca usuários de vários países
Site destaca usuários de vários países Foto: Reprodução

Não. Não estamos falando de surfe. Muito menos em literalmente surfar em um sofá. “Surfando no sofá” é a tradução livre para CouchSurfing, uma rede social internacional na qual as pessoas oferecem a mochileiros um cantinho em suas casas – desde um sofá até um quarto com cama (se eles tiverem sorte).

Mais importante do que economizar com hospedagem, os organizadores acreditam que o enriquecedor é a troca de cultura. Seu lema diz: “um mundo onde todos possam explorar e criar conexões significativas com as pessoas e lugares que encontram”.

Fundado em 2004, o site www.couchsurfing.com funciona como um Orkut ou Facebook, mas com seções em que os usuários possam saber quem tem “sofá” disponível, para onde a pessoa já viajou, se é bom anfitrião ou visitante bem educado, segundo o depoimento de outros mochileiros. Resumindo, é uma rede social de confiança. Tanto que existem leis informais entre a galera que participa: já que você não está pagando nada, é legal pelo menos lavar a louça, por exemplo.

De acordo com estatísticas do próprio site, o Brasil aparece em 9º lugar em número de usuários cadastrados, com 66 mil participantes. Entre as cidades mais visitadas em todo o mundo estão Paris, Londres e Berlim. A média de idade dos usuários é de 28 anos, e a inscrição é gratuita.

Leia mais
Comente

Hot no Donna