Renda-se aos sabores de inverno sem tirar o olho da balança

Uma das alternativas ideais para a estação do frio é apostar em sopas

Ervilha em forma de sopa ajuda na sensação de saciedade
Ervilha em forma de sopa ajuda na sensação de saciedade Foto: Substância, Divulgação

No  inverno o corpo necessita de mais energia para manter sua temperatura interna. Graças a isso, o gasto calórico do organismo cresce em média 10%,se comparado ao verão. Como conseqüência, o corpo precisa uma maior ingestão de calorias.

Segundo Karine Rabaiolli, nutricionista da Substância e especialista em alimentação saudável, o nosso apetite sofre alterações no  inverno.

– Sentimos menos vontade de comer saladas e frutas, e procuramos os alimentos quentes e mais calóricos, como as massas. O problema, no entanto, é que grande parte desses pratos traz o ônus do aumento de peso e, na maioria das pessoas, um desequilíbrio bioquímico do organismo. Ou seja: alteram-se os níveis de colesterol, triglicerídeos, glicemia e outros.

Entretanto, para quem deseja emagrecer, não há melhor época no ano. Desde que se mantenha moderada ingestão calórica aliada a uma alimentação saudável, os resultados de uma dieta balanceada aparecem com mais rapidez nessa estação.

– O segredo está no equilíbrio – afirma Karine. – Não adianta nos privarmos dos sabores do inverno e não ingerirmos os nutrientes que o corpo necessita.

Assim, mesmo que o organismo necessite de um maior consumo de alimentos, deve-se evitar ao máximo o excesso de açúcares e gorduras.  

As sopas e o inverno

No inverno, as sopas se configuram como alimentos indispensáveis a uma dieta balanceada. Devido ao frio, elas são excelentes alternativas ao aquecimento corporal, elevando a temperatura do organismo. Além disso, são muito indicadas para o jantar por serem alimentos de fácil digestão.

– Outra propriedade interessante deste tipo de prato, é que as sopas contribuem na hidratação do corpo, muito prejudicada no inverno – afirma Karine.

Uma das dicas válidas para alimentar-se com saúde é apostar, por exemplo, em uma sopa de ervilha.

– A ervilha é rica em pectina, uma fibra solúvel que aumenta a saciedade e auxilia no bom funcionamento do intestino. Também é fonte de vitamina C, B6, tiamina, potássio e ácido fólico – salienta a nutricionista.

Fonte: Atitude Press

Leia mais
Comente

Hot no Donna