Ricky Martin revela que já foi preconceituoso: “Tinha uma homofobia internalizada”

Cantor contou para a revista GQ australiana que demorou para aceitar a homossexualidade

Foto: GQ

Ricky Martin teve uma conversa franca com a revista GQ da Austrália. O cantor revelou para a publicação que foi difícil aceitar a homossexualidade e que, por conta disto, muitas vezes agiu com preconceito:

? Quando olho para trás, percebo que eu intimidaria as pessoas se soubessem que eram gays. Tinha uma homofobia internalizada. Queria ficar o mais longe possível desse assunto.

Ainda conforme o artista, a decisão de ter filhos foi o ponto principal para que ele tomassse a decisão de assumir a homossexulaidade e revelar para a mídia que namorava Carlos Gonzalez Abells:

? Não queria que meus filhos, Matteo e Valetino, crescessem em uma casa cheia de mentiras. Ou pensassem que havia algo errado em ser gay.

Em 2010, Martin publicou um comunicado em seu site oficial: “Tenho orgulho em dizer que sou um homem homossexual de sorte. Sou muito abençoado por ser quem eu sou.”

As últimas do Donna
Comente

Hot no Donna