Saga “Harry Potter” chega ao fim no cinema, mas marca segue mais viva do que nunca

Livros de J. K. Rowling têm os números superados apenas por grandes sucessos literários, como a Bíblia ou o "Livro vermelho de Mao"

Saga de Harry Potter chega ao fim com a estreia do último filme da série neste mês
Saga de Harry Potter chega ao fim com a estreia do último filme da série neste mês Foto: Divulgação

A estreia mundial do aguardado último capítulo das aventuras de Harry Potter no cinema acontece na quinta-feira, em Londres, em um evento que será a apoteose de uma saga de grande sucesso que durante quase 15 anos teve a admiração de milhões de fãs e permitiu um faturamento de bilhões de dólares. A saga pode ter chegado ao fim, mas a “marca” Harry Potter segue mais viva do que nunca.

A mãe solteira britânica totalmente desconhecida e que sobrevivia graças à ajuda do governo e percorreu as editoras com um manuscrito sobre as peripécias de um jovem bruxo hoje é uma das escritoras mais conhecidas no mundo. Ela acaba de lançar o site Pottermore.com, para vender diretamente e, de maneira exclusiva, as versões eletrônicas de seus livros.

A publicação do primeiro livro de J.K. Rowling, “Harry Potter e a pedra filosofal”, em junho de 1997, provocou um fenômeno comercial. Desde então foram vendidos mais de 400 milhões de exemplares dos sete volumes da saga em 69 línguas, números superados apenas por grandes sucessos literários, como a Bíblia ou o “Livro vermelho de Mao”. No cinema, os sete capítulos da franquia que estrearam desde 2001, com produção do estúdio Warner Bros. arrecadaram 6,4 bilhões de dólares em todo o mundo, um recorde absoluto.

? Está acima dos meus melhores sonhos ? declarou David Heyman, produtor de todos os filmes, que se tornou fã do jovem bruxo ainda em 1997.

? Quando embarcamos na primeira aventura, nunca imaginei a enorme resposta do público ao longo dos anos ? destaca.

“Harry Potter e as relíquias da morte. Parte 2”, que estreia no dia 15 de julho em grande parte do planeta, é a conclusão da epopeia. Dirigido pelo britânico David Yates, o filme mostra a batalha final, narrada nas 300 últimas páginas do sétimo e último livro, que foi dividido em dois para a telona.

Depois da relativa lentidão da primeira parte, que estreou em novembro do ano passado, os ‘Pottermaníacos’ se reencontrarão com os efeitos especiais, e pela primeira vez em três dimensões. Harry, que se tornou um jovem adulto, enfrenta o Lorde Voldemort, o mal absoluto, em uma batalha memorável na escola de magia de Hogwarts. “Apenas um pode sobreviver”, anuncia o trailer.

O explosivo final encerra quase 10 anos das vidas do trio Harry-Ron-Hermione, os três inseparáveis protagonistas da saga.

? Foi um momento incrível de minha vida, algo que nunca esquecerei ? disse Rupert Grint, o ator que interpreta o ruivo Ron Weasley.

? Sei que vivi momentos extraordinários que nunca mais voltarei a vivenciar ? afirmou Daniel Radcliffe (Harry).

Os pré-adolescentes que iniciaram o projeto há 10 anos são adultos agora, que buscam uma vida depois de “Harry Potter”. Radcliffe, de 21 anos, surpreendeu os críticos e estrela com sucesso na Broadway o musical “How to Succeed in Business Without Really Trying”. Emma Watson, também de 21, se divide entre a moda e o cinema. Como modelo é o novo rosto da marca Lancome. Como atriz, será vista em breve em dois filmes americanos.

Rupert Grint, de 22 anos, continua com sua carreira de ator, apesar dos fracassos de seus dois últimos filmes. Ele poderá ser visto em 2012 em um filme norueguês de baixo orçamento sobre Segunda Guerra Mundial. A autora J.K. Rowking garante que não escreverá um novo volume de Harry Potter. Mas sua varinha mágica ainda transforma em ouro tudo o que toca.

Leia mais
Comente

Hot no Donna