Sandy abandona a imagem virginal em seu primeiro trabalho solo

Primeiro disco da cantora após final da parceria com Junior chega às lojas sexta

Sandy fala sobre sexo e prazer no documentário de lançamento do novo disco
Sandy fala sobre sexo e prazer no documentário de lançamento do novo disco Foto: Divulgação

Quase três anos após o fim da parceria com o irmão, Junior Lima, Sandy lança seu tão aguardado primeiro disco solo. O álbum, intitulado Manuscrito, está em processo de lançamento digital, com as canções à venda individualmente no portal Uol. Sexta-feira, o disco chegará às lojas na íntegra.

Se o processo de lançamento parece lento, não é nada se comparado ao tempo de composição e de gravação do álbum. Ao todo, a obra levou dois anos para ficar pronta. Nesse ínterim, a cantora de 27 anos concluiu a faculdade de Letras e se casou com o também músico Lucas Lima. O marido tem participação marcante no trabalho: todas as canções do álbum são autorais, compostas sozinha ou em parcerias, principalmente com ele.

– Agora a gente mora junto, é normal que eu mostre uma música ao Lucas, que ele divida um arranjo comigo – explicou Sandy em entrevista coletiva no último dia 27, em São Paulo.

Em parceria com Junior, Lucas ajudou nas composições, tocou instrumentos, definiu os arranjos e produziu as canções. Mas a assessoria familiar não parece ter ofuscado a identidade de Sandy. No geral, as canções soam intimistas e levemente melancólicas. Em 2007, quando anunciou o fim de Sandy & Junior, ela fez shows sozinha com repertório de jazz, bossa nova e MPB. Muito se especulou sobre a possibilidade de seu primeiro álbum seguir aquela direção.

– Minha maior musa continua sendo (a cantora de jazz) Ella Fitzgerald, mas eu tinha de fazer algo dentro do meu alcance e acabei chegando a esse formato de pop.

O primeiro trabalho solo devolve a Sandy a condição de estreante. E, como tal, a artista está ansiosa diante do futuro. Ao mesmo tempo, não pode renegar o passado numericamente vitorioso da dupla com o irmão Junior Lima – o duo lançou 16 álbuns, que venderam, segundo a gravadora Universal, mais de 17 milhões de cópias.

– Antes de tudo, vou descobrir qual é o meu tamanho real. Estou disposta a ser do tamanho que o público quiser que eu seja – diz Sandy. – Eu precisava descobrir quem eu sou.

Sandy se mantém reservada quanto à vida pessoal. Mas, no documentário que virá encartado no CD físico, Sandy dá depoimento que abala a imagem “virginal” que se costuma fazer dela.

Ali a cantora fala, ainda que rapidamente, sobre temas como religião, camisinha e prazer sexual. Ela garante que o “manifesto” não foi planejado.

– Depois que me casei, esse tema (sexo) deixou de ser tão importante quando falavam em mim. Percebi que os ânimos acalmaram. Isso porque eu casei com 25 anos, não com 18. Mesmo assim, as pessoas ainda não tinham percebido que eu já era adulta.

Serviço
– Artista: Sandy
– Título: Manuscrito
– Gravadora:Universal Music, 14 faixas
– Quanto: R$ 1,99 cada faixa. O CD com 14 faixas chega às lojas na próxima sexta-feira, a R$ 21. O pacote com o CD e o DVD com o documentário das gravações custa R$ 27 (preços médios).

Leia mais
Comente

Hot no Donna