Se a fritura é inevitável, aprenda a minimizar os prejuízos

Aprenda a reduzir os danos à saúde cuidando mais do cardápio

Experimente fritar no azeite de oliva os alimentos
Experimente fritar no azeite de oliva os alimentos Foto: Divulgação

O conselho dos nutricionistas é claro: evitar frituras. Porém, é difícil resistir ao sabor de um pastel ou de uma coxinha. Para diminuir o peso na consciência, uma solução é tentar tornar os quitutes fritos os mais saudáveis possíveis. A dica é prestar atenção a um elemento essencial: o óleo de cozinha. A regra básica é usá-lo uma única vez. Ou seja, após fritar os alimentos, é necessário descartar o líquido ? ou reciclá-lo. Outro ponto interessante é comparar os diferentes produtos existentes no mercado.

? Existem alguns produtos de maior qualidade, que, se usados de maneira adequada, vão amenizar um pouco os efeitos maléficos da fritura ? explica o nutricionista e especialista em frituras, Márcio Mendonça.

Do ponto de vista da saúde, ele afirma que o azeite e os óleos de canola, girassol, amendoim e milho são melhores que os de soja.

No entanto, o especialista ressalta que, exposto a grandes temperaturas, todos os tipos liberam radicais livres ? compostos resultantes da oxidação que podem danificar células sadias.

? A melhor estratégia é escolher os óleos de melhor qualidade porque eles vão demorar um pouco mais para virar gordura saturada ? afirma Mendonça.

A chef de cozinha Lilian Pelliccione, 31 anos, aprendeu na Itália a usar o azeite para tudo, inclusive para a fritura. Em seu restaurante, com exceção do polpetone, tudo é frito no óleo de oliva. Ela reconhece que é uma admiradora do tempero porque ele agrega sabor aos alimentos.

? Além de realçar o sabor das carnes, o azeite é, na minha opinião, melhor para a saúde. Eu posso até dizer que sou uma defensora do azeite ? brinca.

Recicle
Jogar o óleo de cozinha usado pelo ralo da pia é crime contra a natureza, pois ele demora vários anos para se degradar. A solução é a reciclagem, pois a gordura que fica na panela, misturada com soda cáustica, resulta em outro utensílio importante nas cozinhas: sabão.

Leia mais
Comente

Hot no Donna