“Se uma não se levanta, todas caímos”, diz modelo que denunciou racismo na PFW

Instagram @londonemyers, reprodução
Instagram @londonemyers, reprodução

A modelo Londone Myers denunciou um caso de racismo nos bastidores da Paris Fashion Week em seu perfil do Instagram. Em um vídeo com imagens aceleradas, ela mostra como é ignorada diversas vezes por cabeleireiros enquanto espera sua vez de se arrumar.

– Não preciso de tratamento especial de ninguém. O que preciso é que os cabeleireiros aprendam a trabalhar com o cabelo negro. Estou cansada das pessoas evitando meu cabelos nos desfiles. Como ousam tentar me colocar na passarela com um cabelo afro mal feito e estragado? Todos sabemos que se você tentasse isso numa modelo branca, você seria banido. Se uma não se levanta, todas caímos. Se não for o meu, provavelmente será o seu.

Alguns dias depois, Londone agradeceu as mensagens de apoio que recebeu por conta do desabafo e incentivou outras mulheres negras:

– Muito obrigada por todo o amor, paixão e apoio vindo da minha comunidade. Eu encorajo as minhas mulheres poderosas e trabalhadoras que, não apenas sejam fortes e denunciem os maus-tratos sofridos dentro da industria, mas que ajudem e apoiem as novas gerações. Há espaço suficiente para mais de uma modelo/it girl negra ao mesmo mesmo tempo. Precisamos aprender com outras mulheres de cor, que acimentaram o caminho para nós. Eu nem imagino como seria trabalhar hoje se Naomi, Tyra, Bethann ou Iman tivessem medo de perder shows e se impusessem. Vocês nasceram sem esses shows e irão morrer sem eles. Faça pelas meninas que virão depois de nós e pelas que nos admiram. Nós, mulheres de cor, precisamos umas das outras, mais do que precisamos da moda. 

Thank you so much for all the love, passion, and, support from my community. I encourage my powerful working women not only be brave and speak out against the mistreatment they face within the industry – but to also help out and support the newer generation. There is more than enough room for more than one poc supermodel/ it girl at a time. We really need to take notes from the other poc who paved the way for us. I can’t imagine what working would be like for us if Naomi, Tyra, Bethann, or even Iman were too scared about not getting shows to speak up. You were born without these shows and you will die without them. Do it for the girls after us and the ones looking up to us. We as women of color need each other more than we need fashion. #modelsofcolor #poc #blackmodels #indianmodels #latinamodels #asianmodels #dominicanmodels #brazilianmodels #africanmodels #melanin #wlyg #noexcuses #wearehere #passtheedgecontrolplease

Uma publicação compartilhada por Londone (@londonemyers) em

Leia mais

Leia mais
Comente

Hot no Donna