Servir champanhe com a taça inclinada é segredo para aproveitar bem a bebida

Cientistas franceses descobriram que método conserva as borbulhas

Borbulhas são a essência do champanhe, do vinho espumante e da cerveja
Borbulhas são a essência do champanhe, do vinho espumante e da cerveja Foto: Stock Photos

Compartilhar

Primeiro, verifique se a bebida está bem fria. Em seguida, incline uma taça e sirva o líquido lentamente, conservando sua efervescência e borbulhas. Pronto: você está perto de sentir o sabor completo de um champanhe.

Cientistas franceses descobriram que servir champanhe bem gelado numa taça inclinada é a melhor maneira de preservar todo o sabor da bebida. Os especialistas, dirigidos pelo enologista, o químico Gérard Liger-Belair, da Universidade de Reims Champagne-Ardenne, demonstraram que as borbulhas são a essência do champanhe, do vinho espumante e da cerveja.

Além disso, eles também confirmaram cientificamente pela primeira vez a importância de servir o champanhe bem frio: a temperatura ideal é de 4°C.

Estudos anteriores haviam demonstrado que as borbulhas que se formam no momento em que são liberadas grandes quantidades de dióxido de carbono (CO²) permitem transferir o gosto às papilas gustativas.

Os estudiosos já suspeitavam que a maneira de servir o champanhe na taça tinha influência importante sobre seu nível de CO² e na qualidade. Isto quer dizer que, quanto mais se conserva o CO² – ou as borbulhas no espumante -, maior é o gosto percebido.

Para confirmar essa hipótese, os autores calcularam as perdas de CO² a partir de dois métodos diferentes de servir a bebida. O primeiro consistiu em servir champanhe numa taça apoiada de forma reta. Já o segundo foi a partir da taça inclinada.

O segredo do segundo método é que, quando a taça está inclinada, o champanhe cai mais lentamente, o que permite conservar duas vezes mais as borbulhas de CO². Além disso, servir a bebida bem fria contribui para reduzir as perdas de CO².

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna