“Siestário” inaugurado em Buenos Aires recupera o hábito da soneca

Local oferece cama especial e massagens para descanso após o almoço

A Selfishness oferece no centro da capital argentina um local adequado para o descanso após o almoço. Antes de o cliente adormecer, especialistas ensinam técnicas de relaxamento
A Selfishness oferece no centro da capital argentina um local adequado para o descanso após o almoço. Antes de o cliente adormecer, especialistas ensinam técnicas de relaxamento Foto: Selfishness, Divulgação

Uma ilha de silêncio e tranquilidade para tirar uma soneca depois do almoço é o sonho de muita gente que enfrenta a rotina agitada e ruidosa de grandes cidades. Em Buenos Aires, esse lugar já existe, e fica bem no centro caótico da capital argentina. Inaugurado há duas semanas, a Selfishness (egoísmo, em inglês) oferece cama especial, massagens e uma série de serviços para recarregar a energia dos estressados antes de retornar para o trabalho, no turno da tarde.

– Focamos nos cinco sentidos para proporcionar um sono reparador. As sessões têm música especial e, no quarto, usamos cores e aromas relacionados à personalidade do cliente – diz a psicóloga Viviana Vega, uma das proprietárias.

Principalmente na Espanha e em algumas regiões da América Latina, as pessoas mantêm o costume de dormir a “siesta”, que varia de alguns minutos até uma hora. Na maioria dos centros urbanos, o hábito havia perdido força, mas ganhou popularidade nesta década em razão das dificuldades que as pessoas enfrentam para dormir à noite, segundo Viviana.

No “siestario” de Buenos Aires, a soneca é programada para durar 45 minutos. Antes de o cliente adormecer, especialistas ensinam técnicas de respiração e relaxamento. O pacote básico, de uma hora e 20 minutos, custa 100 pesos, o equivalente a R$ 50.

De acordo com Vega, o público-alvo são pessoas que recebem forte pressão no trabalho diário, como executivos e operadores do mercado financeiro. O serviço oferece uma “siesta” adaptada ao ritmo de Buenos Aires, diz a psicóloga. Casas similares oferecem sonecas no Japão, nos Estados Unidos, na Grã-Bretanha e na Austrália.

A sesta ideal
Confira dicas de como aproveitar melhor o descanso depois do almoço:
– Procure um local tranquilo e escuro. Se não for possível, utilize um acessório para cobrir os olhos. Não cruze os braços ou as pernas.
– Programe o despertador para soar dali a 20 minutos. Respire lentamente e focalize em seu ritmo cardíaco.
– Não durma mais do que 40 minutos, porque você sofrerá do que é chamado de “inércia do sono”, aquela sonolência que a pessoa sente logo após um período longo de sono. Isso prejudicará seu rendimento no trabalho.
Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna