Stand up paddle, mix de surfe e canoagem, é opção de exercício para o verão

Atividade trabalha músculos, equilíbrio e consciência corporal

Exercício combina equilíbrio com movimentos de remada
Exercício combina equilíbrio com movimentos de remada Foto: Márcio Moreira, Divulgação

Compartilhar

Parece o surfe, lembra o caiaque e talvez até tenha tomado emprestadas algumas coisas da canoagem. Mas o stand up paddle, ou SUP, na abreviação pela qual é conhecido, não é nada disso, embora tenha um pouco de cada coisa. Quem olha de longe vê um surfista em pé numa prancha, deslizando pela água com a ajuda de um remo. À primeira vista, o SUP nem parece assim tão poderoso, mas trabalha praticamente todos os grupos musculares. Opção para os surfistas da capital carentes de ondas e para os que preferem a calmaria de lagos e lagoas ao ambiente barulhento das academias.

Segundo o professor de educação física e praticante de SUP há cinco anos Cristiano Monte, 32 anos, a grande vantagem de se adotar o exercício é que, durante a prática do esporte, é possível trabalhar panturrilhas, coxas, abdômen, bíceps e tríceps ao tempo de uma só remada.

? É bastante completo e, por isso, uma opção boa tanto para quem quer complementar os treinos da academia quanto para quem quer adotá-lo como exercício único ? comenta. ? É como um treino funcional. De uma forma um pouco mais lúdica, você trabalha vários pontos de equilíbrio do corpo e a musculatura.

Para garantir o equilíbrio em cima da prancha, o atleta precisa ficar com as pernas levemente flexionadas mas, ao dar a remada, faz um movimento de flexão, o que garante malhação para panturrilhas e quadríceps (o músculo da coxa). O abdômen e as pernas são importantes no equilíbrio, e também são exercitados no movimento corporal que o atleta faz ao remar, assim como os braços e as costas. Quase todo mundo está apto a aderir ao stand up paddle, de acordo com Cristiano, desde que saiba nadar. De crianças a idosos que, segundo ele, estão bem representados entre os praticantes da modalidade por aqui.

? Tem sogros, avós e pais que vêm para assistir e acabam pulando na prancha também. Não tem contraindicação.

Além da musculatura, o SUP é um ótimo exercício para a concentração, o equilíbrio e ajuda a ganhar consciência corporal. A intensidade do exercício é dada com a força da remada. Quanto maior a velocidade e o tempo dedicado, maior o trabalho muscular. Os ventos também têm lá seu papel. Com a água agitada, manter o equilíbrio em cima da prancha e remar contra a ventania exige um esforço maior. Por isso, para os iniciantes, os praticantes veteranos do surfe recomendam escolher um dia ensolarado e sem vento.

? De qualquer forma, você vai tomar uns caldos, mas, no geral, o esquema é fácil ? incentiva André Romão, 35 anos, adepto do SUP há cinco anos.

Leia mais
Comente

Hot no Donna