SUS oferece seis novos fitoterápicos

Oferta passa de dois para oito produtos à base de plantas medicinais

Meredith Baxter durante a entrevista a Matt Lauer no programa "Today", da rede NBC
Meredith Baxter durante a entrevista a Matt Lauer no programa "Today", da rede NBC Foto: Peter Kramer

O Sistema Único de Saúde (SUS) financiará seis novos medicamentos fitoterápicos. A partir do próximo ano, os postos de saúde poderão oferecer fármacos produzidos à base de alcachofra, aroeira, cáscara sagrada, garra do diabo, isoflavona da soja e unha de gato. Com isso, o número de fitoterápicos financiados pelo SUS passa de dois para oito.

Os novos produtos – preparados a partir de plantas medicinais – são indicados para o tratamento de problemas como prisão de ventre, inflamações, artrite reumatóide e sintomas do climatério (veja quadro abaixo). Esses medicamentos serão financiados com os mesmos recursos utilizados para a compra dos medicamentos da atenção básica. A portaria que inclui esses fitoterápicos no Componente Básico de Assistência Farmacêutica foi publicada no Diário Oficial da União nesta semana.

O diretor do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, José Miguel do Nascimento Júnior, explica que a escolha desses fitoterápicos considerou as evidências científicas de segurança e eficácia a respeito deles.

– Vamos ampliar as opções terapêuticas para a população. Ao oferecer esses fitoterápicos no SUS, aliamos a sabedoria e a prática popular às evidências científicas desses medicamentos – afirma Nascimento.

Ele observa que os medicamentos são extraídos de espécies da flora brasileira não ameaçadas de extinção. Dessa forma, o financiamento segue a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que os países usem os recursos naturais disponíveis no próprio território para promover a atenção primária à saúde.

Novos fitoterápicos

:: Alcachofra (Cynara scolymus) – Tratamento de dores na região abdominal associadas a disfunções relacionadas ao fígado e à bile.

:: Aroeira (Schinus terebenthifolius) – Produtos ginecológicos anti-infecciosos

:: Cáscara sagrada (Rhamnus pushiana) – Constipação ocasional (prisão de ventre)

:: Garra do diabo (Harpagophytum procumbens) – Anti-inflamatório (oral) para dores lombares, osteoartrite (artrose)

:: Insoflavona da soja (Glycine max) – Climatério (coadjuvante no alívio dos sintomas)

:: Unha de gato (Uncaria tomentosa) – Anti-inflamatório (oral e tópico) nos casos de artrite reumatóide, osteoartrite (artrose) e como imunoestimulante

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna