Tecidos tecnológicos e trabalho artesanal marcam quarto dia de SPFW

Principal semana de moda do país se estende até sábado em São Paulo

Isabeli Fontana desfila criação da Cia Marítima
Isabeli Fontana desfila criação da Cia Marítima Foto: Divulgação

O quarto dia de desfiles da temporada primavera-verão 2012 da São Paulo Fashion Week (SPFW) teve de tudo um pouco. Começou com um desfile na casa da estilista, seguiu com uma viagem a Portugal com direito a modelo andrógeno na passarela e acabou com uma overdose de tops na passarela.

Mas o que diferenciou esse dia dos demais foram o tecido gelatinoso apresentado pela grife de moda praia Água de Coco e o trabalho artesanal de Priscilla Daroult.

A Água de Coco surpreendeu a plateia com um tecido com transparência e efeito molhado, que ganhou o apelido de gelatina. Além da inovação no tecido, o que se viu na passarela da grife foi muita vontade de criar e fugir do padrão, mesmo que muitas vezes isso tornasse as peças impossível de serem utilizadas na vida normal. O desfile foi muito colorido, com cores vibrantes e estampas gigantes.

Já Priscilla Daroult se inspirou nas ilustrações da década de 1920 e na atriz Josephine Baker para apresentar peças extremamente artesanais. Os vestidos eram feitos com uma espécie de trama, o que conferia uma cara de cestaria à coleção. Se valendo de cores sóbrias, o resultado foi extremamente sofisticado e muito rico nos detalhes.

A Maria Bonita, que tradicionalmente apresenta um dos desfiles mais elegantes da SPFW, não decepcionou. Com o tema na influência portuguesa sobre o Brasil, a grife emocionou a plateia ao apresentar a coleção ao som de “Fado Tropical”, de Chico Buarque. Ícones portugueses como os azulejos, os bordados e a tapeçaria feita à mão estavam lá, sem cair no clichê. Destaque para alças de ouro e recortes a laser.

A Cia Marítima encheu a passarela de tops para mostrar às consumidoras o que estará nas araras no verão: cores vibrantes, maiôs engana-mamãe e biquínis de todos os tamanhos. Paula Raia, que estreou carreira solo após a dissolução da Raia de Goeye, escolheu apresentar a coleção na própria casa. O desfile contou com uma apresentação de hip hop. Destaque para os recortes e a silhueta mais solta.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna