Tendências para a moda verão: estilo ladylike

Delicadeza de peças destacam a sensualidade feminina

Tomar café da manhã, ao contrário do que muitos pensam, ajuda a perder peso
Tomar café da manhã, ao contrário do que muitos pensam, ajuda a perder peso Foto: Stock Photos, Divulgação

Como uma dama, esta é a tradução literal para o estilo lady like. Babados, lacinhos, silhueta bem definida, tecidos esvoaçantes e cores claras e açucaradas – tudo muito feminino e romântico. A consultora de moda Ingrid Sauer explica que a grande vantagem deste estilo é que ele nunca sai de moda. “E você está sempre pronta para os mais diversos compromissos, sejam eles profissionais ou sociais”. Segundo Aline Vaz, da Teia da Moda Consultoria de Estilo, quem não está muito habituado a este estilo e quer seguir a tendência, que está mais forte neste verão, deve aderir aos poucos, em algumas peças. “Tem que ter o cuidado de não sair de casa toda bonequinha, porque fica caricato”. Ela indica misturar as peças e variar para compor um visual moderno: “é bom brincar com as proporções, de repente misturar com um sapato mais pesado ou uma bolsa”. Ingrid concorda: “para deixar o look mais atualizado use com peças despojadas, como o jeans boyfriend“.

O estilo se destaca por valorizar as curvas do corpo feminino. É vintage, trazendo influências das décadas de 40 e 50 e fica bem em todos os tipos de silhuetas. Quem está acima do peso deve cuidar em detalhes como não abusar tanto em babados concentrados nas regiões onde há maior saliências no corpo. Nem usar peças justas demais que marquem muito a silhueta. Aline esclarece que cintura marcada – quando o resto da peça for um pouco mais largo – é uma boa opção para as gordinhas. “Melhor ainda se for acentuada um pouco acima da cintura, bem na marcação da boca do estômago, abaixo do peito”. A sensação visual é de que o corpo fica alongado quando se ressaltar esta parte do corpo que a consultora detalha, escolhendo a modelagem correta ou usando um cinto. As mais baixinhas podem aproveitar cumprimentos mais curtos de saias, sempre acima da altura do joelho e abusar dos  saltos.

Cores
Branco, nude e tons pastel, como o rosa e azul bebê, os tons apelidados de cores de sorvete e candy colors. Vermelho e preto para os detalhes e acessórios. Tons sóbrios entram neste estilo desde que aplicados em peças com detalhes românticos como drapeados, babados, laços.

Tecidos
Fluidos, com caimento suave, que passem ideia de movimento. Também os com alguma transparência. Cetim, organza, gazar, renda e tule são destaque. CORI

Peças da Cori

Peças-chave
Saia ou top de babados, saias de cintura alta, vestido com cintura marcada, estampas florais e peças delicadas.”Os vestidos são as peças fundamentais dessa tendência assim como a saia-lápis, saia rodada ou evasê, top de babados, camisa floral e regatas com renda”, cita Ingrid. RABUSCH

Peças da RabuschTOK

Peças da Tok

Acessórios
Laços – no cabelo, brinco, pingente, detalhes no sapato, no cinto, onde você quiser! Cintos fininhos acentuando a cintura. Colares e brincos de pérolas, tiaras, bolsas pequenas, sapatilhas, tudo muito delicado. Daiane Kich, também da Teia da Moda Consultoria de Estilo dá a dica: “Roupas em tons nude ficam melhor combinadas com dourado e cobre”.

RABUSCH ACESSÓRIOS
Acessórios da Rabusch

Estilo boudoir traz lingerie como inspiração
Boudoir na tradução literal significa quarto de vestir, o que conhecemos como closet. A principal característica é a inspiração nas lingeries e camisolas para criar roupas. Este estilo se adequa ao lady like pela sensualidade e delicadeza, ambos também são vintage por trazerem influências retrógradas, mais especificamente dos anos 40. Por isso a peça chave do estilo boudoir é o corpete, também conhecido como corselet, em francês (para as chiques). Usado como blusa, o corpete mais elaborado e ousado deve ser usado à noite e as peças mais simples para o dia. BOB STORE
Peças da Bob Store

A proposta de usar underwear como outwear (a roupa de baixo como roupa de sair) é válida, desde que haja o cuidado de não parecer vulgar, uma blusa de um babydoll ou uma camisola mais sofisticada, por exemplo. Misture com peças formais como blazer ou um palitó estilo boyfriend de cumprimento maior. Para este tipo de produção dar certo, Daine Kich, da Teia da Moda Consultoria de Estilo sugere além de misturar estilos, usar maquiagem para não parecer que recém acordou. “O importante é se sentir segura, tem que ter postura”, salienta. “É interessante jogar com um calçado mais pesado para não ficar com jeito de pijama e casacos mais pesados como paletó, blazer acinturado e até jaquetas de couro”, complementa. Para as mais tímidas ela indica peças mais discretas combinadas com jeans. E também alerta para quem pensa em usá-las no ambiente de trabalho:”tem que ter muito cuidado”. A personal stylist Ingrid Sauer indica que este estilo seja usado apenas nos detalhes como uma regata com renda ou um corselet. “Tudo que lembre uma lingerie promete dar um ar sexy sem cair no vulgar”.

Algumas marcas que desfilaram este estilo nas passarelas internacionais ou nacionais: Givenchy, Chanel, Nina Ricci, Adriana Degreas, Alexandre Herchcovitch. Animale, Cavalera, Ronaldo Fraga, Rosa Chá, Triton. E especializadas em lingerie: Fruit de la Passion e Verve.

>> Lojas especializadas em lingerie

 

 

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna