TJ condena caxiense a indenizar amante do marido

Mulher terá que pagar R$ 12,5 mil por danos morais e materiais

Pesquisa avaliou 127 universitárias
Pesquisa avaliou 127 universitárias Foto: DivulgaçãoDiego Redel

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ) condenou uma caxiense ao pagamento de R$ 12,5 mil de indenização por danos morais e materiais à amante de seu marido, supostamente agredida em seu trabalho, em fevereiro de 2005. Conforme a assessoria de imprensa do TJ, a amante alegou ter conhecido o marido da mulher condenada em 2004. Ele afirmava ser solteiro e por isso ela teria se envolvido afetivamente.

Porém, no início de 2005, a amante teria descoberto a verdade sobre o estado civil do suposto namorado e abandonado a relação. O homem, entretanto, teria insistido em seguir com o relacionamento, enviando e-mails e recados.

No final de fevereiro de 2005, a mulher traída teria ido ao trabalho da amante e a agredido com tapas no rosto e ofensas. A autora da ação afirmou ter perdido o emprego após o episódio. A Justiça caxiense condenou a suposta agressora ao pagamento da indenização e inocentou o marido infiel.

A condenada alegou que as supostas agressões não teriam testemunhas e que a demissão aconteceu por outros motivos. A condenação foi mantida pela 9ª Câmara Cível do TJ, que apenas reduziu o valor fixado para o dano moral em primeira instância. Não cabe recurso da decisão.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna