Todos querem usar óculos

Até quem não precisa de grau tem aderido à febre das armações coloridas divertidas e com design para variar o visual

Foto: Davi Hart

Elas já foram odiadas e tornaram-se até motivo para bullying na escola algumas décadas atrás. Mas o mundo mudou, as armações de óculos de grau mudaram e hoje são descoladas, modernas e criadas pelas grifes mais desejadas do planeta.

– Os óculos são o espelho da personalidade. Você pode usá-lo para dar a impressão que quiser de si mesmo – define o designer de óculos Francisco Ventura.

– Tem gente que nem tem necessidade do grau e encomenda óculos com lentes de vidro só para ficar com um visual cool, moderno – completa a proprietária do Centro Óptico, Shanna Kulisz.

Shanna conta que o interesse por armações estilizadas vem crescendo incrivelmente, já que os modelos são cada vez mais considerados acessórios de moda para todos os gostos e idades. Entre as mais desejados figuram as armações grossas, vintage, cat yes (estilo gatinho) e aviador.

A Chilli Beans, que até pouco tempo só dava atenção para os óculos de sol, também investe neste mercado. Há um ano e meio lança, em média, três novos modelos da linha Vista por semana. Oferece armações coloridas, vintage ou inspiradas nos geeks, sempre com a proposta de trazer o conceito fashion para o produto.

– A Chilli Beans fez uma pesquisa de mercado na qual identificou que havia demanda de óculos de grau como acessório, para compor um estilo, e não só pela necessidade. A pesquisa também identificou que os clientes gostariam de usar armações coloridas e estampadas e que dão preferência por armações leves, confortáveis e com hastes mais finas, que não fechem o campo de visão periférico – explica a responsável sobre design e tendências Caroline Makimoto.

Molduras garimpadas

A escultora Ana Aita, 45 anos, tem uma paixão especial pelas armações estilizadas. Quando viaja a Paris, a parada obrigatória é o Marché aux Puces, o mercado das pulgas, onde garimpa eças raras e únicas em brechós. Atualmente tem mais de 30 modelos, de Prada aos mais retrôs.

– É uma moldura para o rosto. Uma joia para quem usa – analisa.

Leia mais
Comente

Hot no Donna